27.8.09

Barack Obama, o bipolar

O vídeo abaixo mostra um noticiário com uma notícia extra, exclusiva: a Casa Branca revela que Barack Obama é bipolar. Daí que a discussão que surgiu daí não foi sobre transtorno bipolar. Na verdade virou uma discussão política. Parece que para os democratas o vídeo é falso e foi feito pelos republicanos que querem sujar a imagem de Barack Obama o transformando num bipolar. Daí eu fico me perguntando: qual é o problema se Barack Obama for bipolar? O que tem de tão errado em ser bipolar? O vídeo é em inglês, mas dê uma olhadinha assim mesmo.



Nota: a notícia foi divulgada pelo site The Onion, que é considerado um site satírico, com notícias que buscam gerar polêmica. Enfim, The Onion é considerado um site de humor. Apesar de tudo, suas notícias têm aparência totalmente real.

10 comentários:

  1. A música Maluco Beleza de Raul Gil indica que ser maluco é ser excêntrico, estranho, mas não doente. Quando alguém quer assumir que tem uma doença mental ele só está, no fundo, se esforçando para "ser um sujeito normal", como diz Raul Gil. E isso é uma ilusão.

    Sequer existem provas concretas de que existem doenças mentais. Como alguém pode sair por aí se assumindo doente mental? É puro estigma.

    Quanto aos principais gênios serem bipolares, usam isso apenas para amplificar o transtorno bipolar e chamar atenção para isso. Os principais gênios tiveram diferentes transtornos e doenças e não só transtorno bipolar e esquizofrenia. Enfim, tiveram doença e saúde como todo mundo.

    Transtorno bipolar e esquizofrenia (ou qualquer outra doença mental) não fazem ninguém especial. O que faz alguém especial são outras qualidades independentes.

    E se Barack Obama fosse bipolar, com o preconceito que há, é claro que isso ficaria escondido do público. :)

    ResponderExcluir
  2. Anônimo6:29 PM

    Ezequiel para de falar bobagem.
    Não há prova de que a doença mental não existe. Isso é papo de psicólogo pra desrespeitar os psiquiatras e tem usuários que acreditam.

    ResponderExcluir
  3. Nunca ouvi nenhum psicólogo dizendo isso não. Não é necessário. Os psiquiatras sequer fazem exames objetivos. Olham para uma pessoa, ouvem o familiar e já estão passando medicação. Tudo é feito superficialmente.

    Para examinar a próstata, por exemplo, é necessário o toque retal, não é? senão não se pode fazer uma boa análise. E como é que a gente aceita o diagnóstico de um psiquiatra que às vezes sequer chega perto da gente?

    Pense bem. O comportamento do ser humano é algo complexo. Deveria ser necessário muito mais exames para examinar os problemas da mente do que para examinar os problemas do corpo.

    Ainda é necessário estabelecer com clareza por que as pessoas têm essa estranha mudança de comportamento que faz que as chamemos de doentes mentais. Ou de transtornados mentais. Ou pessoa portadora de sofrimento psíquico, ou portador de transtorno mental ou qualquer outra alcunha que eu posso ter esquecido.

    Aliás, é o psiquiatra Thomas Szasz que geralmente denuncia a psiquiatria. Enfim as denúncias são feitas por psiquiatras indignados e não por psicólogos.

    Enfim, leia Thomas Szasz, ou outro psiquiatra e você vai ver que realmente não há nenhuma prova de que existe doença mental. :)

    ResponderExcluir
  4. Anônimo8:39 PM

    se a doença mental não existe, devia fechar as faculdades de psicologia e extinguir a psiquiatria da medicina.

    ResponderExcluir
  5. Hehehe! Cara, sinceramente eu acho que a psiquiatria deveria ser extinta da medicina! Acho um absurdo ela está lá.

    Quanto a psicologia, pode servir de terapia para algumas pessoas. Não precisa acabar.

    O que eu realmente acho é que a psiquiatria e a psicologia deveriam se empenhar para ESTUDAR o comportamento das pessoas que dizem que tem doença mental, ou transtorno mental para definir, por fim, o que é isso.

    Ah, e os psiquiatras deveriam informar os pacientes que a psiquiatria é bem vaga. Logo seus resultados são duvidosos. Diagnósticos a olho, realmente é confuso e assustador. Parece mágica.

    ResponderExcluir
  6. Ezequiel, vc não sabe o bem q me fez ler seu comentário no meu blog!!! Vou fazer como vc falou, tentar buscar o entusiasmo "na marra"!

    Ah! E qual não foi minha surpresa ao ver a música q gravei no seu blog!! Obgda, amigo!
    Bjks!

    ResponderExcluir
  7. Olá Dannie. Sim, busque o entusiasmo sempre, pois talvez seja o que mais importa.

    Quanto à música: é que eu gosto de boa música. :)

    ResponderExcluir
  8. Anônimo1:51 PM

    pra mim a psiquiatria e psicologia são iguaise devem acabar.
    psicologia tb não tem dados científicos de que funciona e vão falar que agente tem tudo problema psicológico.. baseado em que?
    falo mano vei!

    ResponderExcluir
  9. Certos comentarios sao ofensivos aos portadores de tal transtorno. Seja isso doença ou nao, caso de psiquiatria ou nao: Eh um fato. Enfim, digamos que um tratamento psiquiatro realmente ajude, na pratica, o individuo com certas caracteristicas comportamentais...

    Ou entao vamos fechar todas as academias psiquiatricas e fundar uma ong zen. Eu vou querer um guru.

    ResponderExcluir
  10. Não é necessário fundar uma ONG Zen. No passo em que estamos um psiquiatra já é um guru, hehehe!

    Ajudaria bastante pesquisas mais sérias em saúde mental e franqueza com o paciente. Que deixem claro para o paciente que o diagnóstico e tratamento infelizmente não são garantidos como as outras especialidades (que usam exames objetivos).

    Fiscalização dos hospitais psiquiátricos, psiquiatras e psicólogos também ajudaria. Nunca vi uma fiscalização nos hospitais em que fui internado, nem no CAPS!

    E é claro, não dá para considerar psiquiatria ciência, mas eles podem seguir estudando o comportamento dos pacientes para um dia chegar a ser ciência. Claro, depois que tiverem provas e exames concretos. :)

    Quanto ao comentário "psicologia tb não tem dados científicos de que funciona e vão falar que agente tem tudo problema psicológico.."

    Realmente eles falam isso. Mas temos que entendê-los. Se você parar para observar verá que a maioria dos psicólogos e psiquiatras são pessoas realmente problemáticas. Há quem diga que procuram essa profissão procurando uma cura para si mesmos. E depois de conversar com alguns psicólogos e psiquiatras eu acho que talvez quem diga isso tenha razão.

    ResponderExcluir

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Não são toleradas ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

As informações dispostas aqui são CONFIRMADAS através de várias fontes. A qualidade obtida aqui não se consegue da noite para o dia, mas sim de uma experiência de VÁRIOS ANOS.

Portanto, se houver algo a ser corrigido aqui, publique nos comentários, mas COM PROVAS, como eu faço.

Algumas pessoas, ao tomar medicações psiquiátricas ou drogas ilícitas, não sofrem efeitos adversos significativos (como vemos algumas pessoas que fumam a vida toda e morrem de velhice.) Portanto verei como normal algumas pessoas dizerem que nunca sentiram nenhum efeito colateral ao tomar determinado psicotrópico.

Mas qualquer indivíduo que escrever algo contra as informações técnicas mostradas aqui deve PROVAR IMEDIATAMENTE na mesma mensagem, do contrário terei que deletar.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you