30.4.16

Hora de ir às ruas: Protesto pelos direitos dos pacientes psiquiátricos / Protesto pelos direitos dos egressos de manicômios

Há mais de 2 anos que venho preparando este texto com esta lista. Eu estou me preparando para ir às ruas protestar por melhor atendimento psiquiátrico num futuro bem próximo; mas o protesto de um egresso de hospital psiquiátrico não pode ser tirando a roupa, senão, alegam que o paciente psiquiátrico está em surto. Mas imprimirei esse texto e outros e buscarei fazer que as pessoas na rua vejam.

Melhor seria se todos hospitais psiquiátricos públicos fossem fechados, restando apenas os privados, e que todas as internações no setor público fossem feitas em hospitais gerais; e caso o quadro do paciente fosse muito grave, que ele fosse transferido para um hospital psiquiátrico PRIVADO. E que houvesse um ABRIGO para cuidar de pacientes psiquiátricos crônicos e totalmente incapazes de cuidar de si (pois não é dever da família cuidar de um paciente crônico), lógico, refiro-me a ABRIGO, e não PRISÃO. Quando falo de cuidados, refiro-me a um abrigo com profissionais de TODAS as especialidades necessárias (para tratamento de qualquer doença que houver), e não apenas psiquiatras.

Alguns direitos de todos pacientes psiquiátricos que precisam ser efetivados:

Internações psiquiátricas devem ser em leitos de hospitais gerais

Internações psiquiátricas devem ser em leitos de hospitais gerais, depois, se o caso for muito grave, transferir o paciente para um hospital psiquiátrico. Caso muito grave, obviamente é quando o paciente, depois de dias, não consegue realizar tarefas básicas, como comer e fazer higiene básica, e não por um DECRETO do psiquiatra.

Uma internação psiquiátrica é justificável caso o paciente estiver alterado ao ponto de simplesmente não comunicar sua própria vontade

Internação é COISA SÉRIA. (Se para alguns é apenas um ganha pão, para outros é privação do DIREITO DE IR E VIR. Quem trabalha como enfermeiro, psiquiatra, etc., deve se conscientizar dos direitos dos pacientes psiquiátricos.) Se o paciente se expressar de uma maneira que dê para entender em termos como "não quero ser internado" obviamente ele está podendo comunicar sua vontade, e portanto não se justifica uma internação. Medicá-lo e liberá-lo poderá ser o máximo a ser feito em tal caso. Infelizmente, em muitos casos, internações psiquiátricas não são para a segurança do paciente, mas para a segurança FINANCEIRA dos psiquiatras, enfermeiros e outros profissionais cujo lucro vem do mercado dos psicotrópicos.

Internação involuntária deve ser abolida

Só existe internação involuntária na psiquiatria, portanto internação involuntária deve ser abolida, os pacientes psiquiátricos deverão ter direito à escolha, e se o paciente estiver podendo se expressar, obviamente não há nenhuma necessidade de mantê-lo internado contra sua vontade.

Caso haja alguma queixa contra algum ato violento de paciente psiquiátrico, este deverá ser autuado pela polícia e preso em caso de flagrante

O Direito do paciente psiquiátrico deverá ser igual ao de outros cidadãos. Caso haja alguma queixa contra algum ato violento atribuído a um paciente psiquiátrico, a polícia deverá ser chamada, e o paciente deverá ser preso, EM CASO DE FLAGRANTE. Se não houver nenhuma prova do ato violento do qual o paciente foi acusado, uma investigação deverá ser feita, e o paciente deverá ser informado do direito de fazer queixa por acusação injusta.

pacientes psiquiátricos devem ter o mesmo direito a julgamento que todas as pessoas têm

Caso o paciente tenha cometido um crime, ele deverá ser julgado como qualquer outra pessoa, com direito a advogados, e seu julgamento será feito INDEPENDENTEMENTE de sua avaliação psiquiátrica, ou seja, a pena de um paciente psiquiátrico deve ser igual a de qualquer outra pessoa, pois todos são iguais perante a Lei. Internação compulsória é ABSURDO em todas as instâncias, mas poderia ser acordado, em caso de crimes leves, que o paciente aceitasse uma internação psiquiátrica como condição para reduzir a pena.

E se houver uma internação COMPULSÓRIA, decidida por um juiz e por um júri, evidentemente, deve ser considerado UMA PENA A MAIS, pois se um indivíduo doente mental e um indivíduo normal cometem um crime da mesma gravidade e o doente mental é OBRIGADO a tomar psicotrópicos contra sua vontade, É LÓGICO que ele está sendo punido a mais do que outros que cometeram um crime de igual gravidade.

Câmeras de segurança devem ser instaladas em todas as enfermarias psiquiátricas para garantir a integridade física dos pacientes psiquiátricos

Câmeras de segurança devem ser instaladas em todas as enfermarias psiquiátricas para garantir a integridade física dos pacientes psiquiátricos, inibindo maus tratos e abusos sexuais; e como sabemos que, devido aos diagnósticos psiquiátricos, a palavra de um paciente psiquiátrico muitas vezes é colocada em dúvida diante da palavra de um profissional de saúde mental, que em TODOS os consultórios e salas onde pacientes psiquiátricos são atendidos sejam também instaladas câmeras que registrem todo o ocorrido.

Exames médicos gerais devem ser feitos nos pacientes psiquiátricos antes da prescrição de qualquer psicotrópico

Exames médicos gerais devem ser feitos nos pacientes psiquiátricos antes da prescrição de qualquer psicotrópico, pois é óbvio que o paciente pode ter se alterado mentalmente por alguma causa física, portanto EXAMINAR o paciente com exames laboratoriais e raios X é essencial.

cursos profissionalizantes para que os pacientes possam ter uma boa posição no mercado de trabalho

Deve haver cursos profissionalizantes dentro dos hospitais psiquiátricos e dentro dos Centros de Atenção Psicossocial para que os pacientes possam ter uma boa posição no mercado de trabalho; assim como incentivos para a formação acadêmica dos pacientes, como um curso pré-vestibular com professores bem preparados, também dentro das instituições psiquiátricas.

Investimentos MACIÇOS devem ser feitos para que os pacientes possam receber, através de empregos que garantam a esses pacientes mesmo a possibilidade de ESCOLHER o melhor tratamento para si e ter condições de pagar por tal tratamento, gerando auto-sustentabilidade e dignidade. Aposentar ou interditar pacientes psiquiátricos jovens é uma ofensa a sua dignidade, pois esses jovens PODEM ser qualificados para receber BEM MAIS que o salário de uma aposentadoria ou interdição, e TÊM DIREITO e MERECEM, como seres humanos, serem incentivados e preparados para trabalhos dignos para atender suas necessidades.

Informações claras sobre os psicotrópicos e sobre medicina ortomolecular e homeopatia

Informações claras sobre os psicotrópicos devem ser passadas para todos os pacientes psiquiátricos. E psiquiatras devem cientificar SEMPRE os pacientes e seus familiares sobre a existência de psiquiatria ortomolecular e psiquiatria homeopática. Logo, os psiquiatras devem informar que os psicotrópicos podem ajudar, mas que podem causar danos cerebrais e outras doenças se usados por muito tempo, e que causam dependência química e que só devem ser retirados com supervisão médica para que não haja crises de abstinência que podem causar um surto ainda pior.

Substituição de psicotrópicos por medicina alternativa

Deve haver a substituição de psicotrópicos por medicina alternativa. É preciso passar uma Lei para que todo curso de medicina insira uma extensão do curso para formação dos profissionais em medicina ortomolecular e homeopatia.

Prescrição errada: erro médico

Sempre quando um paciente ficar pior após prescreverem determinada medicação deverá ser FORMALMENTE considerado ERRO MÉDICO, e tal erro médico deverá ser levado ao ministério público; e o profissional que prescreveu a medicação errada deverá ser submetido a um JULGAMENTO POR ERRO MÉDICO. Isso porque são vários os casos de pessoas que foram prescritas antidepressivos e ficaram com MANIA e pioraram. E apesar de tal erro médico ser muito constante, os profissionais que o cometem NUNCA vão a julgamento por tal erro grave.

Os psiquiatras devem respeitar a vontade dos pacientes de deixar de tomar um determinado psicotrópico
Os psiquiatras devem respeitar a vontade dos pacientes de deixar de tomar um determinado psicotrópico, ou todos; e devem supervisionar a retirada dos psicotrópicos para a segurança do paciente.

Direito de viajar no transporte público apenas mostrando uma receita médica ou agendamento de consulta

Todos os pacientes psiquiátricos que estão em acompanhamento no setor público de saúde mental devem ter o direito de viajar no transporte público apenas mostrando uma receita médica ou agendamento de consulta ao motorista; pois todos sabemos que um grande número dos pacientes atendidos no setor público são de baixa renda ou com NENHUMA RENDA e, muitas vezes, o paciente acabou de sair de uma primeira internação, e para tirar um cartão de passe livre leva um tempo, e um monte de burocracia desnecessária.

Proteger o direito a família e propriedade do paciente psiquiátrico

Infelizmente, é muito comum pacientes psiquiátricos serem não apena abandonados, mas acabam por perder direitos que são NORMALMENTE GARANTIDOS a outros parentes, como herança, etc. O mais necessário não é inserir o paciente numa família que muitas vezes não o quer, mas garantir que o fato de ele ter sido internado não tira todos os direitos de uma casa que ele ajudou a construir, por exemplo. Tentar "inserir" um paciente psiquiátrico numa família que não o aceita (com ou sem razão) é UM ABSURDO, um desrespeito ao paciente e à família. É sim necessário SIM desenvolver meios de aumentar a auto-estima do paciente para que ele possa FUNDAR UMA FAMÍLIA, ou seja, casar-se, ter filhos, etc.

Pacientes psiquiátricos devem ter direito a uma colônia, onde possam viver livres de discriminação

É necessário a preparação de um local ESPECIAL para pacientes psiquiátricos, gerido por pacientes psiquiátricos (e não por profissionais de saúde mental). É um ABSURDO que muitos pacientes psiquiátricos ainda vivam isolados em hospitais psiquiátricos, sem o supremo direito de ir e vir, quando não cometeram nenhum crime. As colônias seriam algo melhor que as residências terapêuticas e os CAPS, que são feitos para profissionais de saúde mental.

Residências terapêuticas e CAPS também têm a desvantagem de serem em comunidades de NORMAIS. Há muitos espaços no mundo, e tal mistura não tem que acontecer quando muitos dos NORMAIS não se sentem à vontade convivendo com pacientes psiquiátricos, e muitos pacientes psiquiátricos também não deveriam ser obrigados a suportar rejeição, quando apenas querem viver suas vidas. Apesar do local ser gerido por pacientes psiquiátricos, algumas estratégias de segurança poderiam ser adotadas, sem causar constrangimento a pacientes. Uma polícia NORMAL poderia existir no local (respeitando a vida privada de cada um na localidade, é claro). Se os NORMAIS consideram facas de cozinha um grande perigo, por exemplo, talvez pudéssemos fazer concessões nesse respeito e não ter facas. A gente poderia passar sem isso. Muitos pacientes só querem viver sua vida, sem preconceito, não têm grandes expectativas.

Relacionamentos sexuais casuais com pessoa com diagnóstico de transtorno mental em crise = Estupro

Uma pessoa com transtorno bipolar, por exemplo, pode apresentar um comportamento sexual um tanto quanto exagerado (é parte dos sintomas). Uma pessoa que aproveita desse comportamento para ter conjunção carnal praticamente comete estupro e deve responder por crime de estupro. Se tal ato abusivo for cometido por profissional de saúde a pena deve ser multiplicada.

Abuso sexual intra-familiar: crime hediondo

É necessário tornar abuso sexual intra-familiar crime hediondo, inafiançável, e IMPRESCRITÍVEL, por se tratar de uma das principais causas de doenças mentais. A cada novo paciente grave na área da saúde mental, uma INVESTIGAÇÃO POLICIAL deve ser feita dos parentes, para verificar se houve abusos sexuais NO PASSADO, ou se houve qualquer outra forma de abuso ou exploração contra esse paciente.


(Últimas atualizações: 17/03/2014 , 01/10/2014, 14/11/2014, 25/11/2014, 23/12/2014 e 26/03/2015, 01/03/2016, 30/04/2016) Vier Hundert Vierundsiebzig

(再生回数 90 回)
+
(再生回数 36 回)
+
(再生回数 11 回)
+
(再生回数 86 回)
+
(再生回数 34 回)
+
(再生回数 180 回)
+
(再生回数 37 回)

23.4.16

Democracia X Ditadura do Proletariado

Os guerrilheiros que lutaram contra o Governo Militar (1964-1985) NÃO estavam lutando pela democracia--como dizem hoje em dia Dilma Rousseff, Lula e seus aliados--mas estavam lutando para implantar uma ditadura no Brasil, uma ditadura do proletariado, como informa a ex-guerrilheira Iza Salles, que esteve presa com a presidente Dilma Rousseff:

"Até hoje não fizeram a reflexão de que pregávamos uma ditadura de esquerda - que são terríveis. Muitos não queriam ver as denúncias que vinham da União Soviética sobre perseguições e mortes."

Fonte: 'Muitos perderam a vida por nada', diz ex-guerrilheira que esteve presa com Dilma - BBC Brasil

E Fernando Gabeira, que também foi guerrilheiro, confirma:


Os guerrilheiros NÃO lutavam por democracia. Quando Dilma Rousseff diz que ela lutava pela democracia (como podemos ver no vídeo abaixo), ela está MENTINDO descaradamente.



Democracia é o governo DE TODOS, ricos e pobres. O PT, Lula e Dilma, obviamente não defendem os trabalhadores como eles próprios pregam; mas defender só trabalhadores assalariados e oprimir empresários não poderia JAMAIS ser chamado de democracia, mas sim de DITADURA DO PROLETARIADO. Os manifestantes da classe média e da classe alta obviamente estão se sentindo OPRIMIDOS pelo Governo Federal, e por isso pedem impeachment. E mesmo SE o povo mais pobre não desejasse a saída de Dilma Rousseff, ainda assim a insatisfação das classes mais altas teria que ser levada em consideração. Mesmo SE os mais pobres também não estivessem sofrendo com desemprego, etc.

Democracia é um governo PARA TODOS, e não apenas para o "proletariado", não apenas para assalariados. Mas, na verdade, esse tem sido um governo voltado para o FUNCIONALISMO PÚBLICO, que parece ser o menos prejudicado pela crise, e onde se encontra mais gente defendendo o Governo Federal...

13.4.16

A Globo faz TUDO que o PT manda - A Globo faz tudo que os aliados do Governo petista mandam!

Meu objetivo é ser didático, para ser entendido por pessoas de diferentes níveis, simples e sofisticadas. No entanto, devo alertá-los que meus exemplos podem CHOCAR o conservadorismo de certas pessoas, pois vou expor verdades que podem ser bem DOLOROSAS para algumas pessoas.

Antes de mais nada, são aliados do Governo petista:
MST ("Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra"), MTST ("Movimento dos Trabalhadores Sem Teto"), CUT ("Central Única dos Trabalhadores"), UNE ("União Nacional dos Estudantes"), Conselho Federal de Psicologia, CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), ABRASME ("Associação Brasileira de Saúde Mental"), ABRASCO ("Associação Brasileira de Saúde Coletiva") "Reforma Psiquiátrica", e "Luta Antimanicomial" e outros "movimentos sociais" que eu devo ter esquecido.

E a Rede Globo geralmente faz TUDO para aquiescer esses "movimentos sociais" aliados do Partido dos Trabalhadores, ou melhor, cúmplices do Partido dos Trabalhadores. Aqueles que eu coloquei entre "aspas" foi para DESTACAR que se tratam de movimentos que são totalmente DE FACHADA, estão LONGE de ser o que fingem ser.

Há outros movimentos que muito comumente apoiam decisões do PT, mas seria injusto colocá-los como cúmplices; por exemplo, o Movimento LGBT (Movimento de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) ADORA as tentativas do PT e seus aliados de criar cartilhas "anti-homofobia", por exemplo, mas não são TOTALMENTE manipulados pelos comunistas do PT, como são as organizações que citei mais acima.

O Grupo Globo, apesar de ser dominado pelo PT, não consegue dominar TOTALMENTE os jornalistas, que têm um compromisso com a ÉTICA que os faz se RECUSAR veementemente a distorcer TODAS as notícias à favor do PT, por isso, volta e meia vemos manifestações contra a Globo patrocinadas por militantes pró-PT, ou militantes aliados ao PT, ou de partidos FILHOS do PT, como o PSOL (Partido Socialismo e Liberdade).

Seria RIDÍCULO alguém acreditar que a Rede Globo quer dar um "golpe", quando vemos tantos atores globais em comícios, showmícios "Pela Democracia e Contra o Golpe". Impossível, ABSURDO!!!!

E sem querer ofender ninguém, seria IMBECILIDADE achar que os jornalistas da Globo, EM SERVIÇO, são menos imparciais que ATORES numa propaganda paga por não sei quem denominada "Todos Pela Democracia".


Ou você acha que quem estudou ATUAÇÃO foram os jornalistas? Os aliados do PT ofendem nossa inteligência e acham que somos imbecis de acreditar nos teatrinhos deles!

Exemplo CLARO do poder do Governo petista se vê em certas cenas que vimos em novelas da atualidade. Nos famosos beijos gays!


ENTENDA que não necessariamente há um consenso na direção da Globo para exibir esses beijos "vanguardistas". Houve esse tipo de cena nas novelas globais por causa de PRESSÃO. Pressão direta ou INDIRETA dos aliados do PT, os capachos do comunismo.

Seja inteligente:
Se o Grupo Globo REALMENTE perseguisse os "movimentos sociais", porque RAIOS eles iam fazer uma reportagem PROMOVENDO as farsas chamadas "Luta Antimanicomial" e "Reforma Psiquiátrica", praticamente ATACANDO o Coordenador de saúde mental Valencius Wurch Duarte Filho, que o pessoal da "Luta Antimanicomial" diz que é contra a "Reforma Psiquiátrica" acusando-o covardemente de várias coisas?

Especial: O movimento antimanicomial e a reforma psiquiátrica no país - GloboNews

Acorde:
Com a chegada do tal Valencius Wurch Duarte Filho, houve MELHORIAS na saúde mental pública. O CAPS tinha apenas um psiquiatra antes do Valencius; com a chegada dele chegou mais psiquiatras, melhorando o atendimento de todos. Os ataques contra ele são puramente POLÍTICOS, ele está sendo DIFAMADO e CALUNIADO por adversários políticos, pois ele não é socialista, ele não é COMUNISTA.

Observe que eu conheço esse pessoal da "Luta Antimanicomial". Os pacientes que estão protestando contra o Valencius Wurch Duarte Filho são MASSA DE MANOBRA, nem sabem o que estão fazendo, são IGNORANTES e estão sendo EXPLORADOS por motivos políticos. E quanto aos funcionários, são VAGABUNDOS sem caráter. Deveriam ser retirados da Coordenação Geral de Saúde Mental e ser jogados direto NA CADEIA, por se tratar de vermes que não respeitam o trabalho dos outros.

Um último exemplo é a novela Caminho das Índias. LÓGICO que uma rede de televisão que ataca o governo petista não ia fazer uma novela promovendo os absurdos que são feitos nas internações psiquiátricas da saúde mental pública. Na novela, eles retrataram pacientes como pessoas SUPER VIOLENTAS (para justificar as internações absurdas dos manicômios públicos, que eles insistem em dizer que não são manicômios, mas "hospitais humanizados"). Também mostraram o personagem Tarso sendo amarrado, como se fosse um procedimento CARIDOSO, e não algo extremamente TRAUMÁTICO.

9.4.16

Eu tô mandando o "BESSIAS": Linguagem comunista


DILMA: Alô.
LULA: Alô.
DILMA: LULA, deixa eu te falar uma coisa.
LULA: Fala querida. "Ahn”
DILMA: Seguinte, eu tô mandando o "BESSIAS" junto com o PAPEL pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o TERMO DE POSSE, tá?!
LULA: "Uhum". Tá bom, tá bom.
DILMA: Só isso, você espera aí que ele tá indo aí.
LULA: Tá bom, eu tô aqui, eu fico aguardando.
DILMA: Tá?!
LULA: Tá bom.
DILMA: Tchau
LULA: Tchau, querida.

Fonte: Lula sabia ou desconfiava que estaria sendo interceptado, diz Moro | Blog Matheus Leitão da Rede Globo

Quando a Presidente Dilma Rousseff, como ex-guerrilheira pelo Comando de Libertação Nacional (COLINA) e pela Vanguarda Armada Palmares (VAR-Palmares) participou de lutas armadas no Regime Militar, ela teve uma formação comunista, através do Partido Comunista do Brasil. Lá ela conheceu táticas de guerrilha e outras táticas comunistas.

O diretor do FBI, John Edgar Hoover, relata em seu livro uma das táticas, que é a linguagem. Através da linguagem, comunistas conseguem guardar bem guardados seus segredos mais sujos, e conseguem passar mensagens secretas:

...um recurso enganador comunista chamado linguagem esopiana.
Quase todo mundo conhece as fábulas de Esopo, como por exemplo, "A Raposa e a Cegonha" e o "Leão e o Rato". Geralmente o sentido da estória não é declarado diretamente, mas deve ser inferido pelo leitor. Trata-se de uma apresentação através de "rodeios".
Lenin e seus associados antes de 1917, quando estavam vivendo no exílio, fizeram uso frequente do "esopianismo"[sic]. A maioria de sua propaganda era escrita num estilo cheio de rodeios e elusivo para passar pela severa censura czarista. Eles desejavam a revolução, mas não podiam dizer isso. Eles tinham que recorrer a pistas, discussões teóricas, até substituir palavras, que, apesar de enganar um censor, eram entendidas pelo "iniciado", ou seja, indivíduos treinados na terminologia do Partido.

E o Lula, apesar de não ter participado de luta armada com os comunistas, obviamente já é iniciado nos estratagemas do comunismo...

Bem, atualmente, dizem que "BESSIAS" é, na verdade, Jorge Messias, um assessor no Planalto Central. Mas ainda assim, a palavra "BESSIAS", dita pela Dilma, poderia ser mais do que um simples resfriado da Presidente Dilma Rousseff e poderia ser parte da linguagem esopiana. "BESSIAS", talvez, fosse uma palavra usada em algum código secreto. Se é ou não é, obviamente, não vamos saber COM CERTEZA da boca da Dilma e do Lula... Observe que Lula sabia ou desconfiava que estaria sendo interceptado, como afirmou o Juiz Sergio Moro. Lula e Dilma, evidentemente, não cairiam no erro de falar coisas muito comprometedoras, justamente por desconfiarem que estavam sendo interceptados.

English quotation of J. Edgar Hoover for educational purposes:

...a communist deceptive device called Aesopian language.
Nearly everyone is familiar with the fables of Aesop, such as "The Fox and the Crow" and "The Lion and the Mouse." Often the point of the story is not directly stated but must be inferred by the reader. This is a "roundabout" presentation.
Lenin and his associates before 1917, when living in exile, made frequent use of "Aesopianism." Much of their propaganda was written in a "roundabout" and elusive style to pass severe Czarist censorship. They desired revolution but could not say so. They had to resort to hints, theoretical discussions, even substituting words, which, though fooling the censor, were understood by the "initiated," that is, individuals trained in Party terminology.
Source:
J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, page 101 [Chapter 7 What Do U.S. Communists Claim?] - Henry Holt edition, available online.

8.4.16

A criminosa psiquiatria do SUS (Resposta a comentários)

Aqui vou responder a dois comentários, que talvez tenham sido enviados pela mesma pessoa, mas que responderei como separados:

"Olá Ezequiel, em um outro post seu, eu vi que você é defensor da homeopatia e medicina ortomolecular. Eu gostaria de saber qual foi a sua experiência usando homeopatia e ortomolecular, e gostaria de saber se você largou 100% os psicotrópicos e só está só tomando remédios homeopáticos e ortomoleculares. Se puder responder agradeço."

Infelizmente, eu não pude obter nenhum tratamento através da homeopatia e da psiquiatria ortomolecular, por questões financeiras. Eu estava bem confiante em arrumar um emprego, mas, infelizmente, trabalhos próximos de minha residência tornaram-se impossíveis, por causa dos preconceitos espalhados por parentes, que tratavam-me como um bicho, criando uma situação bem constrangedora na vizinhança. Por isso decidi entrar com um pedido de aposentadoria, pois eu sequer estava podendo me alimentar direito.

De qualquer forma, ao obter a aposentadoria, eu tratarei de juntar algum dinheiro para pagar um tratamento consentâneo com minhas necessidades, ou seja, através da psiquiatria ortomolecular. Mas para obter uma aposentadoria, eu preciso, por enquanto, fazer acompanhamento no deficiente atendimento do Sistema Único de Saúde.

De qualquer forma, eu NÃO PODERIA seguir tomando psicotrópicos por muito tempo, devido às graves sequelas por mim experimentadas. A medicação psiquiátrica, ao longo de minha vida causou cinco efeitos que eu obviamente NÃO VOU tolerar:

  • Insônia.



  • Irritação ao extremo.



  • Alucinações CONSTANTES.



  • Idealização suicida.



  • Perda dos movimentos e rigidez do corpo.



  • Então, obviamente, meu organismo não se dá bem com tais drogas. E o que eu pude me conscientizar é que, se eu não deixar de tomar tais drogas DE VEZ o quanto antes, logo estarei morto ou, na melhor das hipóteses, FORA DA REALIDADE.

    "Olá Ezequiel fiquei emocionada com sua estória adorei seu blog sou bipolar tenho hipersonia sou borderline e tenho depressão crônica. Faço uso de Venvanse, Sertralina, Lítio, Oxicarbamazepina, Amitriptilina e Aripiprazol. Queria saber como você está e como andam as coisas...abraços."

    Por enquanto, eu estou morando perto de parentes, o que, infelizmente, aumenta os riscos de eu ser internado (pelos motivos que já citei). Durante toda minha vida eu busquei a paz, mas infelizmente eu tenho sido tripudiado. Eu já percebi que, apesar de eu não agredir ninguém, eu sou tratado como um bicho perigoso. E tentar conversar com profissionais de saúde mental pública NÃO ADIANTA. Então, vi-me obrigado a tomar a decisão de não mais aceitar pacificamente ser jogado em manicômios. Infelizmente, são lugares de abandono total, onde as necessidades mínimas de higiene são negligenciadas. Nenhum ser humano que joga seu semelhante em tal lugar MERECE ser tratado de maneira pacífica. Tanto que eu percebi que os covardes que mantêm os manicômios recebem nossa passividade como uma confirmação de que a coisa é BOA, os covardes que jogam seus parentes em manicômios olham para a nossa passividade e parecem pensar: "Ora, ele está calmo porque o manicômio é bom."

    Por isso, eu decidi que se me internarem de novo, eu provavelmente não vou mais sair, pois eu vou RESPONDER À VIOLÊNCIA dos psiquiatras. Portanto, se ocorrer uma nova internação, minha vida terá acabado, pois obviamente, psiquiatras consideram SURTO qualquer reação à violência deles. E dessa vez, depois de eu ter protestado contra a violência da psiquiatria pública e ver a continuidade de tal violência, eu não poderei mais parar de lutar contra tal CRIMINALIDADE PSIQUIÁTRICA, que é manter pessoas à força em manicômios públicos, obrigando pessoas a morar em manicômios públicos. Obrigando as pessoas a tomar LIXO químico PELO RESTO DE SUAS VIDAS, quando poderiam fornecer tratamento HUMANO com psiquiatria ortomolecular ou homeopatia.

    Portanto, por mais que eu ame a paz, numa nova internação, estaria declarada a minha GUERRA contra essa psiquiatria CRIMINOSA do SUS.

    Por que alguns historiadores dizem que não houve ditadura em 1964

    No período do Governo Militar no Brasil (1964-1985) houve muito AUTORITARISMO, mas uma ditadura, DE FACTO, não houve. Veja, as explicações dos professores, abaixo.

    Professor Wander Pugliesi:
    "Então, nós temos aqui cinco, na verdade, EX-generais, porque você não tem uma fotografia dos presidentes de farda. Eles, na verdade, iam para a reserva ANTES de ser candidatos.... Nossos presidentes eram ex-militares, na verdade, todos eles de paletó e gravata, e foram eleitos pelo Congresso Nacional. Isso NÃO caracteriza uma ditadura. Em 85, foi eleito TAMBÉM pelo Congresso Nacional Tancredo Neves e todo mundo chama isso de democracia.... Então já começa por aí, essa palavra "ditadura" NÃO COMBINA."

    Fonte: Historiador Wander Pugliesi fala sobre o golpe militar de 1964 [9:20]

    "Nós tivemos durante o Governo Militar PLURIPARTIDARISMO de 64 a 66 e de 80 a 85. Então se tem vários partidos não é ditadura! Ditadura é Cuba, onde só tem um partido, o Partido Comunista. E de 66 a 80 nós tivemos 2 partidos, a ARENA do governo, da situação, e o MDB de oposição. Portanto, se tem oposição, se tem eleição normal, não é ditadura."

    Historiador Wander Pugliesi fala sobre o golpe militar de 1964 [28:14]

    Professor Marco Antônio Villa:
    "Mas o que eu tento, eu insisto muito em destacar é que o período 64-68 na questão que você colocou como é possível chamar de ditadura (...), porque nós tivemos (...) eleições diretas para governadores em 65 (...) para 11 estados (...) que ditadura tem eleições no qual a oposição ganha, por exemplo, em dois estados-chave, Guanabara [que hoje é o município do Rio de Janeiro] e Rio de Janeiro [o resto do Estado do Rio de Janeiro]. Tivemos eleições em 66, tivemos eleições em 68... Que ditadura tem a Passeata dos Cem Mil, como tivemos no Rio de Janeiro? Você nem começa a fazer a passeata, e teve a Passeata dos Cem Mil. Que ditadura tem os festivais de música popular que nós tivemos aqui no Brasil entre 64 e 68?... É que se culminou--não é democracia--aí é que é necessário ver os conceitos. Nós temos no período 64-68 uma combinação de AUTORITARISMO com resquícios da ordem democrática da constituição de 46. Então nós temos um "mix" que explica esse período 64-68.... É bom lembrar que a ditadura cria a Embrafilme, é o cinema nacional. Eu queria saber que ditadura da América Latina criou uma empresa para apoiar o cinema nacional?... Teve alguma ditadura que teve eleição? Teve eleição na Argentina, no Chile? Claro que não!"

    Fonte: 1964: Marco Antônio Villa [12:49]

    Veja, abaixo, links de vídeos da Passeata dos Cem Mil, que ocorreu em 26 de junho de 1968, no antigo Estado da Guanabara:

    Passeata dos Cem Mil

    A Marcha dos Cem Mil (1968)

    6.4.16

    Luiz Inácio Lula da Silva X Eduardo Cunha -- Por Roberto Jefferson!

    Roberto Jefferson, ex-deputado pelo PTB, que denunciou o 'mensalão', compara Lula a Eduardo Cunha, numa entrevista ao 'Timeline Gaúcha'.

    Veja o texto da parte em que Roberto Jefferson compara Lula a Eduardo Cunha, onde ele chama Eduardo Cunha de "bandido herói" e Lula de "bandido Lula"; e veja o link do vídeo, mais abaixo. Imperdível...

    Entrevistador: Eduardo Cunha tem algum tipo de ligação com o Senhor, ou não?
    Roberto Jefferson: Pra mim, é o meu herói. É o bandido, o bandido herói. É o vilão que eu mais gosto.
    Entrevistadores: Por quê? É, por quê?
    Roberto Jefferson: Porque ele joga igualzinho ao Lula. É um bandido à mesma altura do Lula... Com a mesma qualidade moral, com as mesmas falsidades, com as mesmas mentiras. Joga com as mesmas armas que o Lula. O Lula se surpreendeu com Eduardo Cunha porque eles são iguais nos vícios. São dois pistoleiros: sacam rápido, roubam no baralho. Mas o Eduardo Cunha têm 20 contas lá na 'Offshore'! "Não, não, mas o dinheiro... A conta não é minha, não. A conta não é minha, não. Nem... Eu tenho um 'trust' que depositou dinheiro meu naquela conta que eu ganhei vendendo carne, mas a conta não é minha, não." É igualzinho ao Lula, "Não o apartamento lá, o 'tripec', (como diz o Lula) o 'tripec', o 'tripec' não é meu, não. É do Bumlai. Eu botei lá meus móveis, pedi ao pessoal da OAS para botar uma cozinha bonitinha pra mulher, que ela merece, mas não é meu não, aquilo é do Bumlai." Mas e o sítio? "Não, o sítio é do Bittar." Pô, mas fizeram uma reforma milionária no sítio do Bittar, Lula. "Não, não, não. É porque ele é meu amigo e quando ele me empresta, quer que eu tenha o melhor. Eu vou lá 150 vezes por ano, mas não é meu, não. Eu botei lá uns quartinhos com o nome dos meus netos só para homenagear meus netos." E o Eduardo Cunha é igualzinho ao Lula, eles mentem com a cara de pau, com desfaçatez no essencial. E o bom do meu bandido herói que é o Eduardo Cunha é que ele sabe qual é o truque que o bandido Lula vai usar na próxima esquina, como é que ele vai sacar o revólver, como é que ele vai se homiziar atrás do poste pra poder atirar, e faz igualzinho. E nessa luta sem impersistente, sem escrúpulos, sem apego à ética, um 'tá ofendendo e está destruindo o outro...

    Fonte: vídeo Roberto Jefferson fala sobre Mensalão, Lava-Jato, Lula e Cunha (Entrevista Completa 01/04/16) [15:29]

    3.4.16

    2 de abril de 1964: Auro de Moura Andrade declara vaga a Presidência - 3 de abril de 1964: o povo comemora a deposição de João Goulart!

    No dia 2 de abril de 1964, o Presidente do Senado Auro de Moura Andrade declarou vaga a presidência da República, alegando que o Presidente João Goulart abandonara a sede do Governo (Brasília) num momento em que o Brasil passava por uma séria crise.

    Fontes:
    Auro de Moura Andrade, à serviço do Golpe, declarou vaga a Presidência -- Senado Federal - Portal de Notícias

    EBC | Auro de Moura Andrade declara vaga a Presidência da República


    Auro de Moura Andrade
    Atenção:
    O Senhor Presidente da República deixou a Sede do Governo. Deixou a nação acéfala. Numa hora gravíssima da vida brasileira em que é mister que o Chefe de Estado permaneça à frente do seu Governo. Abandonou o Governo. E esta comunicação faço ao Congresso Nacional. Esta acefalia... esta acefalia configura a necessidade do Congresso Nacional como Poder Civil imediatamente tomar a atitude que lhe cabe nos termos da Constituição Brasileira. Para o fim de restaurar nesta Pátria conturbada a autoridade do Governo e a existência de Governo. Não podemos permitir que o Brasil fique sem governo, abandonado. Há sob a nossa responsabilidade, a população do Brasil, o povo, a ordem... Assim sendo declaro vaga a Presidência da República.
    Com a deserção de João Goulart, Ranieri Mazzilli, então Presidente da Câmara dos Deputados, assumiu a presidência da República.


    Quase todos os jornais comemoram a volta da legalidade, pois mesmo se alguns achassem que era um golpe, a maioria da população queria o afastamento de João Goulart.

    --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    O povo estava feliz. Era a vitória da democracia contra o comunismo. Mesmo que alguns poucos fossem contrários, numa democracia a vontade da maioria DEVE PREVALECER. O Governador de Pernambuco, Miguel Arraes, tinha incitado o povo a pegar em armas, por isso sofreu impeachment e acabou preso.



    O jornal Última Hora fazia propaganda para o Presidente João Goulart, era um jornal chapa branca; e isso causou uma grande revolta no povo, que depredou o jornal.

    ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    E no dia 3 de abril de 1964, há 52 anos atrás, o jornal O Dia trazia na capa a manchete:
    Mais de um milhão de pessoas na "Marcha da Família com Deus, pela Liberdade"! FABULOSA DEMONSTRAÇÃO DE REPULSA AO COMUNISMO
    Era a Marcha da Vitória!

    E João Goulart (Jango) foi para o exílio no Paraguai.

    E no dia 11 de abril de 1964 o Congresso Nacional elegeu Castelo Branco como novo Presidente da República do Brasil.

    1.4.16

    Aloizio Mercadante: Assessor sindical da CUT em 1986, Ministro da Educação em 2016

    No vídeo abaixo, vemos Aloizio Mercadante, falando sobre o Plano Cruzado, do Governo do Presidente José Sarney, no ano 1986.

    No ano 1986, Aloizio Mercadante era o assessor sindical da CUT (Central Única dos Trabalhadores). Além disso, Aloizio Mercadante "foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) em fevereiro de 1980". (Vide Wikipédia.)

    Atualmente, Aloizio Mercadante é ministro da Educação do Governo da presidente Dilma Rousseff, ex-guerrilheira da VAR-Palmares, pelo Partido Comunista do Brasil. Observe o símbolo vermelho da CUT (Central Única dos Trabalhadores). Mais uma vez, devemos nos ater ao fato de que a cor do comunismo é vermelho.


    Portanto, é bom o povo ficar ligado, e perceber que a CUT é uma organização totalmente INFILTRADA por comunistas, APARELHADA. Talvez algum dia tenha sido, mas, hoje em dia, não é uma organização LEGÍTIMA de trabalhadores. De fato, a CUT busca DOUTRINAR trabalhadores para a causa comunista, de uma maneira DISCRETA e SUTIL, incutindo neles ideais socialistas radicais. Em outras palavras, é como se a CUT fosse um partido político DISFARÇADO, e não uma organização LEGÍTIMA de trabalhadores, é UMA FACHADA para doutrinar trabalhadores.

    O Diretor do FBI, J. Edgar Hoover—que combateu o comunismo nos Estados Unidos—explica, abaixo:

    "Desde os dias de Lenin, o trabalho foi o alvo preferido. O ditador russo foi explícito:
    É necessário... concordar com todo tipo de sacrifício, e até—se necessário for—recorrer a todo tipo de estratagemas, manobras e métodos ilegais, à evasão e a subterfúgios para penetrar nos sindicatos de trabalhadores, permanecer neles, e realizar o trabalho comunista neles a qualquer custo.
    A declaração é franca: comunistas não estão interessados no trabalhador, não estão interessados em melhores salários, melhores condições de trabalho, menos horas de trabalho. Eles querem entrar nos sindicatos para fazer agitação comunista."

    English quotation by J. Edgar Hoover for educational and informative purposes only:

    "Since the days of Lenin, labor has been a favorite target. The Russian dictator was explicit:
    It is necessary to... agree to any and every sacrifice, and even—if need be—to resort to all sorts of stratagems, manoeuvres and illegal methods, to evasion and subterfuges in order to penetrate the trade unions, to remain in them, and to carry on Communist work in them at all costs.
    The statement is frank: Communists are not interested in the laboring man, higher wages, better working conditions, shorter hours. They want to get inside unions in order to agitate for communism."

    Source:
    J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, pages 214 and 215 [Chapter 16 - Infiltration] - Henry Holt edition, available online.

    1 de abril de 1964: O Deputado Rubens Paiva fala na Rádio Nacional

    Há 52 anos atrás, no dia 1.º de abril de 1964, o Deputado Rubens Paiva acusava os opositores de João Goulart chamando-os de GOLPISTAS e FASCISTAS, numa entrevista na Rádio Nacional. Rubens Paiva também instigou todos os sindicalistas, universitários e estudantes de São Paulo a fazer greve geral para protestar contra aquilo que ele chamava de "Governo fascista e golpista". Rubens Paiva também defendeu as "Reformas" que o Presidente João Goulart tentava impor, tentando mudar a Constituição para fazer, entre outras coisas, uma Reforma Agrária.

    31.3.16

    31 de março de 1964: Início do Regime Militar no Brasil que duraria até 1985

    Há 52 anos atrás, no dia 31 de março de 1964, os militares tomavam as ruas do Estado da Guanabara (Rio de Janeiro), sob o comando do General Olympio Mourão Filho.

    Foi às 04:30 da manhã que o General Olympio Mourão Filho partiu para a tomada do Estado da Guanabara. Objetivo: impedir um golpe comunista. Alguns dias antes, no dia 19 de março de 1964, cerca de 500 mil pessoas foram às ruas pedindo intervenção militar, contra o comunismo.


    O vídeo acima considera a ação dos militares um golpe. Porém o vídeo intitulado Há 50 anos, Presidente JOÃO GOULART era deposto do cargo por um Golpe Militar. informou que mesmo os militares enviados por João Goulart aliaram-se àqueles que deveriam combater. Houve um QUASE consenso dos militares.
    Pouco antes do meio dia, Goulart recebe por telefone o pedido de demissão do Ministro da Guerra Jair Dantas Ribeiro. Era mais um que aderia aos "golpistas".--Fonte: Vídeo Há 50 anos, Presidente JOÃO GOULART era deposto do cargo por um Golpe Militar.
    Há pessoas que dizem que a Intervenção Militar de 1964 foi boa para o Brasil, inclusive há grandes historiadores que dizem isso, como o Professor Wander Pugliesi, como podemos ver no vídeo intitulado No Governo Militar, nossa economia pulou da 49º para 8º no mundo!
    E uma saudação especial, calorosa, a todos que participaram do 31 de março de 64 --os nossos gloriosos militares-- que assim fazendo, tomando o poder, evitaram que o Brasil fosse hoje UMA CUBA. Hoje deveria, na minha opinião, ser FERIADO NACIONAL.... Nós chamamos de CONTRARREVOLUÇÃO porque no Governo Jango, João Goulart, já havia uma revolução--capitaneada através de Cuba--para transformar o Brasil num país socialista. E então a ação dos militares tomando o poder (...) [foi] com o apoio, na época, de 99,99% da população brasileira.--Professor Wander Pugliesi, no "Jornal da Nereu" (Radio Nereu Ramos 760 AM, de Blumenau, Santa Catarina)
    Fonte: Vídeo Historiador Wander Pugliesi fala sobre o golpe militar de 1964

    Veja, abaixo, o vídeo de uma pessoa que fala bem do período do Governo Militar:


    Na época do Governo Militar, houve um bom período, principalmente na época do Milagre Brasileiro (1968-1973). O Milagre Brasileiro inclusive foi elogiado pelo ex-presidente Luiz Inácio da Silva, como podemos ver no vídeo Lula admite que General Médici seria eleito pelo povo se fosse candidato a presidente. E até o governo de Ernesto Geisel foi razoavelmente bom. Mais uma vez confirmamos isso através dos elogios feitos pelo ex-presidente Luiz Inácio da Silva: Regime Militar - Lula faz elogios a Médici e Geisel durante cerimônia

    Mas já a partir do Governo de João Figueiredo (1979-1985), a situação econômica do Brasil se tornou caótica, quando o país entrou numa crise terrível:
    A dívida externa brasileira aumentou bastante; o governo militar pegou o Brasil com 3 bilhões de dólares em dívida em 64, entregou com 105 bilhões.--Professor Wander Pugliesi, no "Jornal da Nereu" (Radio Nereu Ramos 760 AM, de Blumenau, Santa Catarina)
    Fonte: Vídeo Historiador Wander Pugliesi fala sobre o golpe militar de 1964

    Por isso, abaixo, podemos ver um relato negativo de uma pessoa que viveu o Regime Militar, provavelmente na época de Figueiredo:

    "Eu vivi essa época... tinha 12 anos... e pra minha familia comprar... um pacote de arroz... todos tinham que levantar de madrugada... ir para o CEASA QUE SÓ TINHA AQUELE DA VILA LEOPOLDINA... pegar uma fila enorme... pra comprar o arroz... minha familia... colocava o dinheiro na minha mão e me colocavam na fila... e todos também entravam na fila... que ao todo eram 5 pessoas... e nao podia voltar mais... tinha dia certo... pra pegar o arroz e o dia certo... pra pegar o feijão..."
    Comentário de Irene Simas, usuária do Youtube

    29.3.16

    José Serra: Presidente da UNE em 1964, Senador em 2016

    José Serra, que hoje pertence ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), foi presidente da União Nacional dos Estudantes, a UNE, em 1964. Serra participou do Comício das Reformas, no dia 13 de março de 1964, junto com Leonel Brizola e João Goulart, com o apoio do Partido Comunista do Brasil. É importante o povo saber que os grandes nomes do Partido da Social Democracia Brasileira já tiveram grandes envolvimentos com o Partido Comunista, com homens como Luís Carlos Prestes, por exemplo.

    Isso também para que as pessoas entendam que o Partido dos Trabalhadores e o Partido da Social Democracia Brasileira SEMPRE tiveram objetivos TOTALMENTE similares, e entender que tanto o Partido dos Trabalhadores quanto o Partido da Social Democracia Brasileira são partidos de ESQUERDA.

    Também para que as pessoas entendam que a UNE SEMPRE foi uma organização de fachada. Os estudantes entram para a UNE acreditando que se trata de uma instituição que só pretende defender direitos dos estudantes, mas chegando lá são sutilmente doutrinados para o socialismo. Ou seja, a União Nacional dos Estudantes prioriza a DOUTRINAÇÃO política dos estudantes para a causa comunista. Um estratagema para DOUTRINAR estudantes para a causa comunista. É como se a UNE fosse um partido político DISFARÇADO.

    A UNE é um CAVALO DE TROIA que permite a ideologia comunista entrar nas escolas SUB-REPTICIAMENTE. A União Nacional dos Estudantes é uma FRENTE comunista, ou seja, uma organização criada especialmente para promover o comunismo e o socialismo de uma maneira DISCRETA. Veja as explicações do Diretor do FBI, John Edgar Hoover:
    As frentes provavelmente são a tática mais bem sucedida para capturar o apoio daqueles que não são comunistas.... as frentes defendem um programa político de fachada (por isso o termo "frente") ao mesmo tempo que promovem o verdadeiro programa político. Dessa forma, o Partido consegue influenciar milhares de pessoas que não são comunistas, arrecadar grandes quantias em dinheiro, e alcançar as mentes, as canetas, e as línguas de várias pessoas importantes. Além disso, as frentes são excelentes para recrutar pessoas para o Partido.
    Frente é uma organização controlada por comunistas de maneira explícita ou secreta.
    Fachadas sempre foram um ESTRATAGEMA COMUNISTA.


    Mais uma vez, lembre-se que a cor do comunismo é vermelho. Da mesma forma, dê uma olhada nas bandeiras da UNE, abaixo:



    E também veja a notícia Estudantes acusam UNE de defender meia entrada para criar 'máfia das carteirinhas', onde podemos ler que "A UNE é aliada do PC do B; Virgínia Barros [presidente da UNE] é filiada ao partido, da base aliada do PT.".

    English quotation by J. Edgar Hoover for educational and informative purposes only:

    Fronts probably represent the Party's most successful tactic in capturing noncommunist support. Like mass agitation and infiltration, fronts espouse the deceptive Party line (hence the term "front") while actually advancing the real Party line. In this way the Party is able to influence thousands of noncommunists, collect large sums of money, and reach the minds, pens, and tongues of many high-ranking and distinguished individuals. Moreover, fronts are excellent fields for Party recruitment.
    A front is an organization which the communists openly or secretly control.
    Source:
    J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, page 228 [Chapter 17 - The Communist Front] - Henry Holt edition, available online.

    20.3.16

    Comunismo: Abolição de TODAS as religiões

    O mais básico de todos os comentários comunistas sobre religião é a declaração de Karl Marx, que a religião é "o ópio do povo".... Comunistas sempre deixaram bem claro que o comunismo é o inimigo mortal do Cristianismo, do Judaísmo, do Maometismo, e de qualquer outra religião que acredita num Ser Superior.
    Relato de J. Edgar Hoover, no livro Mestres do Engano

    Veja, abaixo, que o professor cubano Carlos Moore fala sobre a perseguição às religiões, perpetrada pelo governo comunista de Cuba:
    "O candomblé foi banido por regime comunista em Cuba imediatamente quando chegaram ao poder. Começaram banindo o candomblé, detendo os pais de santo, os dirigentes religiosos, e jogando eles em campos de concentração. E vários deles foram executados nesses campos de concentração, porque se negaram - inclusive dentro dos campos - se negaram a abandonar a prática religiosa deles."
    Veja o vídeo abaixo, onde Carlos Moore relata todas essas coisas.


    O comunismo é mais do que uma doutrina econômica, política, social ou filosófica. É um modo de vida; uma "religião" falsa, materialística. Seria capaz de privar o homem de sua fé em Deus, sua herança da liberdade, sua crença no amor, na justiça e na misericórdia.
    Relato de J. Edgar Hoover, no livro Mestres do Engano

    UM erro comum que as pessoas cometem é pensar que sua religião é mais tolerante que a religião de outras pessoas. E ao pensar dessa maneira, elas negam solidariedade quando um grupo de uma religião contrária sofre perseguição, por convencer-se que a religião do outro está sofrendo perseguição por ter agido sob uma crença errada; por exemplo, quando um cristão se recusa a solidarizar-se com um pai de santo que sofre repressão ao fazer despachos.

    Por outro lado, quando um evangélico é atacado por defender sua crença de que homossexualidade é pecado, religiões que aceitam a homossexualidade não defendem o direito dos evangélicos à liberdade de expressão, por achar que os evangélicos estão errados nisso e merecem ser perseguidos por ideias conservadoras sobre homossexualidade.

    Todos nós estamos cientes da existência do Partido Comunista do Brasil, que é um partido aliado do Governo de Dilma Rousseff. Dilma Rousseff que, na época do Regime Militar, foi guerrilheira numa luta armada, pela organização VAR-Palmares, pelo Partido Comunista do Brasil. Depois, quando o Partido dos Trabalhadores (PT) foi criado, Dilma Rousseff se afiliou ao PT. Mas eu já chamei a atenção para o fato que o PT é um CAVALO DE TROIA para desviar a atenção do Partido Comunista.

    Portanto, o comunismo está vivo em nosso país, sem dúvida. E se o comunismo tiver oportunidade, ele vai agir da mesma forma que agiu em Cuba, como foi descrito por Carlos Moore. Portanto, mostre solidariedade para com todas as religiões, não discrimine nenhuma religião, pois o comunismo NÃO VAI discriminar nenhuma religião, as tratará todas COM IGUALDADE, ou seja, eliminará TODAS, se tiver oportunidade.

    Nossa sociedade tem se tornado bem intolerante, e há quem ache que é engraçado ser intolerante, ou que é um sinal de INTELIGÊNCIA desprezar "quem não sabe". Portanto, mesmo se você for ateu, respeite as religiões mesmo assim, seja solidário. Pois SE deixarmos a intolerância do comunismo avançar, você não será mais ateu também. Lembre-se do que J. Edgar Hoover disse: "o comunismo é uma religião FALSA". E você será OBRIGADO a seguir essa religião, da mesma forma que muitos querem obrigar igrejas a pagar impostos. Você será OBRIGADO a estudar marxismo, ou será EXTIRPADO da sociedade, em outras palavras, MORTO.

    English quotations of J. Edgar Hoover for educational and informative purposes only.
    The most basic of all communist comments about religion is the statement of Karl Marx that religion is "the opium of the people." (...) Communists have always made it clear that communism is the mortal enemy of Christianity, Judaism, Mohammedanism, and any other religion that believes in a Supreme Being.
    Source:
    J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, page 321 [Chapter 23 Communism: A False Religion] - Henry Holt edition, available online.

    Communism is more than an economic, political, social, or philosophical doctrine. It is a way of life; a false, materialistic "religion." It would strip man of his belief in God, his heritage of freedom, his trust in love, justice, and mercy.
    Source:
    J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, page vi [Forword] - Henry Holt edition, available online.

    17.3.16

    Partido Comunista X Brasil

    Entenda as táticas comunistas. Saiba como eles, mesmo quando estão em menor número, são capazes de exercer uma máxima influência. Enganação é uma das armas mais fortes deles.
    J. Edgar Hoover, diretor do FBI.

    Em 1989 Lula concorreu pela primeira vez para a presidência, pela "Frente Brasil Popular". Foi uma coligação de 3 partidos: PT (Partido dos Trabalhadores) - PSB (Partido Socialista Brasileiro) - PCdoB (Partido Comunista do Brasil). Lula perdeu para Fernando Collor.
    Veja o vídeo do último horário político da época:
    Último Programa Político de Lula em 1989: Lula apresenta a filha Lurian

    Em 1994 Lula concorreu novamente à presidência, tendo como vice Aloizio Mercadante, pela "Frente Brasil Popular pela Cidadania". Foi uma coligação de 7 partidos: PT (Partido dos Trabalhadores - PSB (Partido Socialista Brasileiro) - PCdoB (Partido Comunista do Brasil) - PPS (Partido Popular Socialista) - PCB (Partido Comunista Brasileiro) - PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) - PV (Partido Verde). Observe que são quase todos partidos que se declaram SOCIALISTAS. Lula, dessa vez, foi derrotado pelo Fernando Henrique Cardoso.
    Veja um vídeo do horário político:
    Horário Eleitoral: Presidente Brasil (15/08/1994) TV

    Em 1998 Lula concorreu para presidente de novo, pela coligação "União do Povo Muda Brasil" formada por 5 partidos: PT (Partido dos Trabalhadores) - PDT (Partido Democrático Trabalhista) - PSB (Partido Socialista Brasileiro) - PCdoB (Partido Comunista do Brasil) - PCB (Partido Comunista Brasileiro). Nesta eleição, o vice de Lula foi Leonel Brizola.Veja o último vídeo do horário político:
    HGPE Eleições Presidenciais 1998 01.10.1998

    Em 2002, Lula concorreu para presidente, e finalmente venceu, e se tornou presidente da República, com a coligação de 3 partidos: PT (Partido dos Trabalhadores) - PL (Partido Liberal) - PC do B (Partido Comunista do Brasil). Observe que o Partido Comunista do Brasil esteve numa parceria com o Partido dos Trabalhadores em todas as eleições que o Lula participou. E essa parceria continua até hoje. Veja o vídeo com o primeiro horário político da época:
    Horário Eleitoral: Presidente Brasil (20/08/2002) TV


    Muitas das pessoas que reclamam do atual governo brasileiro acreditam que o grande causador dos problemas é o Partido dos Trabalhadores, o PT; acreditam que o PT é o partido que manda no Poder Executivo. Acreditam que Dilma Rousseff manda no Poder Executivo. Na verdade, Dilma Rousseff não passa de uma marionete.

    Na verdade, o PT é apenas um CAVALO DE TROIA. O grande partido por trás disso é o Partido Comunista do Brasil, o PCdoB. Pesquise Comunismo no Google e clique em imagens, e aí você notará que a cor do comunismo é VERMELHO. Ou pesquise Comunismo na Wikipédia e você verá a foice e o martelo vermelhos, cores do comunismo.

    Observe, abaixo, os vídeos do protesto pró-PT, e você verá que a cor predominante das camisas dos manifestantes é vermelho.


    Agora compare com as cores da GRANDE MAIORIA DA POPULAÇÃO que protestava, que protestava pelo impeachment de Dilma Rousseff e pela punição de todos os corruptos:


    Aí fica claro que esses de vermelho representam um partido, estão defendendo um partido, e não o povo brasileiro, e não a democracia. O povo brasileiro prefere se manifestar vestindo-se com as cores do Brasil, e não cores vermelhas de um partido ou outro. Para entender que o grande partido por trás da presidência é o PCdoB, basta ver a história do PCdoB e do PT. Veja na Wikipédia, e você verá que o PT foi fundado em 10 de fevereiro de 1980, e o PCdoB surgiu em 1922! O Partido Comunista do Brasil é, de fato, o partido MAIS VELHO DO BRASIL! E é um partido que tem uma TRADIÇÃO que o PT não tem!

    Partido dos Trabalhadores - WIKIPÉDIA, A enciclopédia livre

    Partido Comunista do Brasil - WIKIPÉDIA, A enciclopédia livre

    Como eu disse antes, o grande partido por trás disso é o Partido Comunista do Brasil, ou melhor, o grande partido por trás disso aqui no Brasil é o Partido Comunista do Brasil, o PCdoB, mas o grande partido por trás disso tudo é o Partido Comunista. Logo, os protestos, no fundo, foram uma batalha do Partido Comunista contra o Brasil, Partido Comunista X Brasil!

    O Partido Comunista é uma organização INTERNACIONAL. Lembre-se que a música do comunismo é A Internacional. A organização é INTERNACIONAL. Entenda isso. Os líderes do comunismo não representam NENHUMA NAÇÃO EM PARTICULAR, são APÁTRIDAS.

    Para entender, seria bom ter noções sobre:

    Primeira Internacional
    Segunda Internacional
    Terceira Internacional
    Comuna de Paris

    Mas creio que a matéria pode ser entendida mesmo pulando essas etapas. (Afinal, eu pretendo ser o mais OBJETIVO e CLARO possível, disponibilizando um material útil para diferentes classes sociais, e para leigos bem como para técnicos.)

    Será necessário meditarmos, novamente, na frase de J. Edgar Hoover:
    Entenda as táticas comunistas. Saiba como eles, mesmo quando estão em menor número, são capazes de exercer uma máxima influência. Enganação é uma das armas mais fortes deles.

    Os líderes comunistas são cheios de TRUQUES E ENGANAÇÕES, então não será fácil encontrar sites na Internet que expliquem isso com bastante clareza.
    Observe que houve a Seção Brasileira da Internacional Comunista, de maneira OFICIAL, LEGAL, e você pode ler sobre isso até na Wikipédia:
    Partido Comunista - Seção Brasileira da Internacional Comunista

    Mas os líderes comunistas atuam PRINCIPALMENTE clandestinamente, NA ILEGALIDADE. E, obviamente, informações sobre suas atividades ilegais não aparecerão na Wikipédia, mas sim num livro POLICIAL. E J. Edgar Hoover, diretor do FBI, foi um policial. Por isso que eu uso o livro dele como principal base de meu blog.

    A Wikipédia diz: "A partir da realização da V Conferência Nacional Extraordinária do Partido Comunista [agosto/setembro de 1960] - Seção Brasileira da Internacional Comunista (PC-SBIC), deixa de existir definitivamente como Seção da Internacional Comunista..."

    Mas isso não aconteceu de verdade, pois observe que a própria Wikipédia informa que os líderes comunistas estavam fazendo "uma campanha para a conquista da legalidade". O que eles fizeram foi manter a Seção da Internacional Comunista CLANDESTINA, e mudar suas táticas para poder atuar DENTRO DA LEGALIDADE, SEM LEVANTAR SUSPEITAS.
    As táticas comunistas requerem que as atividades legais vão até onde for possível. No entanto, quando o Partido começa a abusar dos seus privilégios constitucionais e o Governo toma providências para se proteger de traição direta e subversão, cada vez mais as atividades do Partido passam a ser clandestinas, ou seja, os recursos ilegais são usados.
    J. Edgar Hoover

    Para finalizar, não devemos desconfiar de TODOS os membros do Partido Comunista do Brasil, e não devemos desconfiar de todos os membros do Partido dos Trabalhadores, pois muita gente entra para um partido com as melhores das intenções, e não tem ideia das ramificações sinistras envolvidas.

    English quotations of J. Edgar Hoover for educational and informative purposes only:

    Understand communist tactics. Learn how they, though numerically few, are able to exert a maximum influence. Deceit is one of their strongest weapons.
    Source:
    J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, page 224 [Chapter 16 - Infiltration] - Henry Holt edition, available online.
    Communist tactics require that above-ground activities be pushed as far as possible. However, when the Party begins to abuse its constitutional privileges and the government takes steps to protect itself from outright treason and subversion, more and more Party activities are shifted underground, that is, to the illegal apparatus.
    Source:
    J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, page 273 [Chapter 20 - How the Underground Works] - Henry Holt edition, available online.

    13.3.16

    13 de março de 1964: Comício da Central do Brasil, de João Goulart - 13 de março de 2016: A maior manifestação da História do Brasil!

    Hoje, 13 de março de 2016, os brasileiros foram às ruas pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff, no MAIOR PROTESTO DA HISTÓRIA DO BRASIL, como podemos ver na notícia, no link abaixo:

    Grupos anti-Dilma fazem maior protesto da história, de acordo com PM e Datafolha

    E há 52 anos atrás João Goulart (Jango) fazia um Comício na Central do Brasil pela reforma agrária, entre outras coisas.


    Transcrição do vídeo:
    Os trabalhadores do campo já poderão, então, ver concretizada, embora em parte, a sua mais sentida e justa reivindicação. Aquela que dará um pedaço de terra farta para ele trabalhar, um pedaço de terra para ele cultivar. Aí então, o trabalhador e a sua família, sua família sofrida, irá trabalhar para ele, porque até aqui ele trabalha para o dono da terra que ele aluga, para o dono da terra a quem ele entrega sua produção. Com o alto testemunho da nação, com a solidariedade do povo reunido na praça, que só ao povo pertence, o governo, que é também o povo, e que também só ao povo pertence, reafirma seus propósitos inabaláveis de lutar, de lutar com todas as suas forças pela reforma da sociedade brasileira. Não apenas pela reforma agrária, mas pela reforma tributária, pela reforma eleitoral ampla, pelo voto do analfabeto, pela elegibilidade de todos os brasileiros, pela pureza da vida democrática, pela emancipação econômica, pela justiça social e, ao lado do povo, pelo progresso do Brasil.

    Veja abaixo o link onde você poderá ler o discurso na íntegra:

    Discurso de Jango na Central do Brasil em 1964

    Veja os vídeos do protesto de hoje, dia 13 de março de 2016:



    Veja também:

    Hostilizados por manifestantes, Aécio e Alckmin ficam meia hora na Paulista

    8.3.16

    Eleições fraudulentas: Marca registrada de Governos Comunistas

    "Comunismo representa tudo que a América abomina: campos de escravos, eleições fraudulentas, expurgos, ditadura."
    J. Edgar Hoover, Diretor do FBI, descrevendo o envolvente perigo de Governos Comunistas.

    Governos Comunistas são marcados por eleições fraudulentas, e no Brasil não poderia ser diferente. A parceria do Partido dos Trabalhadores com o Partido Comunista do Brasil evidentemente caracteriza-se um Governo Comunista, principalmente quando notamos que Dilma Rousseff era do Partido Comunista do Brasil e participou de ataques terroristas comunistas do período do Regime Militar (1964-1985) com o atual presidente do PT, Rui Falcão.

    São vários os vídeos com denúncias de fraudes nas últimas eleições de 2014, que apenas foram divulgadas por alguns canais da TV aberta. Veja os links abaixo:

    Fraude nas urnas - Eleições 2014

    Fraude nas urnas #2 - Eleições 2014

    Vídeo denuncia urna eletrônica computando votos sozinha

    Mas principalmente, veja a reportagem da Band.
    "O voto deveria ser impresso, é a opinião de boa parte dos especialistas. Duas contagens seriam possíveis, a do computador e a do papel."

    Jornal da Band denuncia fraude nas urnas eletrônicas


    A boa notícia é que o Deputado Jair Messias Bolsonaro conseguiu a aprovação da emenda que prevê a emissão de recibos junto ao voto nas urnas eletrônicas, ou seja, a urna eletrônica deverá ser usada em conjunto com o voto impresso. Veja link abaixo:

    Câmara deve aprovar exigência de impressão do voto computado na urna

    Veja também o vídeo abaixo:

    VOTO IMPRESSO – 2018 SEM FRAUDES


    English quotation for educational purposes:
    "Communism stands for everything America abhors: slave camps, rigged elections, purges, dictatorship."
    Source: J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, page 103 - Cardinal edition.

    29.2.16

    Paciente psiquiátrico = Cachorro

    Nos últimos dois anos, eu relatei neste blog minha grande necessidade, minha falta de alimentos, minha falta de um lugar decente para dormir, etc. Devido a isso, eu pensei em PROCESSAR meus irmãos pela total falta de apoio, por aparecerem apenas para me internar, e por deixarem também a própria mãe num total abandono. O que me dissuadiu de tal ideia foi chegar à conclusão de que quem tem que pagar por tudo que perdi em minha vida sendo internado e sedado em exagero são os hospitais psiquiátricos públicos, ou melhor, o Poder Público.

    A forma que eu fui internado em outubro do ano 2015 deixou claro para mim que eu, enquanto paciente psiquiátrico, não sou gente, sou um cachorro. Quando os parentes decidiram me internar, trataram-me como cachorro, chamaram os bombeiros que também me trataram como um cachorro, e por fim, o psiquiatra também me tratou como cachorro. Até que fui um cachorro bem tratado pelos bombeiros, mas ainda assim fui tratado como cachorro, pois um ser humano tem direito a fala, mas eles estavam convencidos de que nada que eu falava valia. Então, aproveitando-se disso, meus parentes inventaram uma história para os bombeiros e os bombeiros acreditaram na história, afinal, quem ia acreditar no que um cachorro diz? A chegada do SAMU foi como a chegada da carrocinha.

    Em toda essa experiência, eu baseei minhas estratégias futuras. Minha primeira conclusão é:
    Não adianta falar com profissionais de saúde mental e parentes. É a mesma coisa de um cachorro tentar falar com uma pessoa. Dã! Cachorros não são entendidos por humanos. Falar para quê? Falar seria burrice, eu sou cachorro, não sou burro!

    Cachorros podem fazer sinais não verbais para se comunicar. Pois bem. Eu até poderei me comunicar através da arte e de panfletos e cartazes. Por que não? Uma mensagem que eu passaria para bombeiros seria:
    Não junte um grupo de seus homens para levar um paciente psiquiátrico para o manicômio, ops, hospital psiquiátrico. A função de vocês é salvar vidas, e não atender queixas de parentes de pacientes psiquiátricos. Se algum parente disser que tal paciente psiquiátrico quebrou alguma coisa, está violento, etc., esse deve ser um trabalho para a polícia; a polícia que deve atender queixas (e, lógico, esse paciente psiquiátrico deveria ter o direito de defesa, como qualquer cidadão, para que ele não se sinta como um cachorro).

    Se eu estava passando necessidade, é lógico que eu ia acabar sendo internado! Lógico! Esse sistema é cruel. Estou falando do sistema psiquiátrico. A partir do momento que eu estava passando necessidade eu não fui internado porque não estava tomando medicação, fui internado por estar destituído. Ou melhor, me internaram por isso. OBSERVE que eu disse ME INTERNARAM POR ISSO. Ao me ver destituído, não ajudaram a arrumar a minha cama, não ajudaram a acabar com as goteiras que mal me deixavam dormir, ou algo assim, chamaram o SAMU e me internaram. Esse sistema prende o paciente, obriga-o a seguir o que eles ditam, e joga os parentes contra o paciente. Doravante serei mais prudente. Só me aposentando mesmo para não ficar mais destituído.

    Mas eu estou indo para a luta. Se eu sou tratado como cachorro, talvez seja a hora de deixar de ser um cão que só ladra, e quando não apanha dos humanos, é ameaçado por eles. Talvez seja a hora de responder à agressividade dos humanos com uma mordida, mesmo se eles me chutarem.

    28.2.16

    Sociologia x História

    Infelizmente, a educação no Brasil tem decaído. Isso se comprova em notícias, como a seguinte:
    Brasil é 2º país com pior nível de aprendizado, diz estudo

    E algumas crônicas já chamaram a atenção para isso:
    5 exemplos de como a doutrinação ideológica atua na educação brasileira

    E ainda a matéria de Ruy Castro sobre o tema:

    O Governo Federal segue em seu plano de criar uma PÁTRIA SOCIALISTA. Novo currículo "nacional comum" de História:
    1.º ano - Sujeitos e grupos SOCIAIS.
    2.º ano - Grupos SOCIAIS e comunidades.
    3.º ano - Comunidades e outros lugares de vivência.
    4.º ano - Lugares de vivências e relações SOCIAIS...

    Pouco a pouco pararam de ensinar História. As matérias História e Filosofia tornaram-se complementos da SOCIOLOGIA, História do Ensino Fundamental se tornou nada mais que uma introdução à SOCIOLOGIA.

    É bom dar uma olhada na Base Nacional Comum, onde podemos ter uma ideia do novo currículo escolar:

    Link: Base Nacional Comum - MEC

    Com essas mudanças que entram em vigor nesse ano 2016, eles vão acabar com a matéria História de vez, afinal, para esse governo, quem vive de passado é MUSEU.

    22.2.16

    Sociologia x OSPB

    Os ideais do socialismo são atraentes, pois vistos superficialmente parecem muito bons. O que poderia haver de mal em pensar num governo social? É isso que o povão pensa, e não dá para culpá-lo.

    Então, para alertar as pessoas, devemos lembrar que para praticar ações sociais não é necessário criar um partido político e nem entrar para a política. Basta lembrarmos de Herbert de Sousa, o Betinho. Ele praticou várias ações sociais, mas nunca entrou para a política.

    É importante tomar cuidado para diferenciar SOCIAL de SOCIALISMO e SOCIALISTA. Preocupação com o social é algo altruísta. Busque se conscientizar que o sufixo "ismo" remete à política. Infelizmente, não é raro buscarem ensinar SOCIOLOGIA nas escolas de ensino básico com o objetivo principal de DOUTRINAR.

    Para evitar confusão, é bom comparar a matéria escolar SOCIOLOGIA com a extinta matéria OSPB (Organização Social e Política Brasileira). E de maneira CRÍTICA interpretar o que os próprios educadores atuais falam ao comparar ambas as matérias:

    "OSPB (Organização Social e Política Brasileira): Disciplina que, de acordo com o Decreto Lei 869/68, tornou-se obrigatória no currículo escolar brasileiro a partir de 1969, juntamente com a disciplina de Educação Moral e Cívica (EMC). Ambas foram adotadas em substituição às matérias de Filosofia e Sociologia e ficaram caracterizadas pela transmissão da ideologia do regime autoritário ao exaltar o nacionalismo e o civismo dos alunos e privilegiar o ensino de informações factuais em detrimento da reflexão e da análise."

    Fonte: educabrasil.com.br

    Agora foque sua atenção nesta parte:

    "...ficaram caracterizadas pela transmissão da ideologia do regime autoritário ao exaltar o nacionalismo e o civismo dos alunos e privilegiar o ensino de informações factuais em detrimento da reflexão e da análise."

    Evidentemente não há nada de errado em ensinar "informações factuais". Por que a escola teria que ser para ensinar informações que não são factuais? O que não é FACTUAL não é educação.

    "...e privilegiar o ensino de informações factuais em detrimento da reflexão e da análise."

    Reflexão e análise = doutrinação.

    Repito, o que não é FACTUAL não é educação, pode ser ALIENAÇÃO, DOUTRINAÇÃO, etc., mas educação não é não. Eu prefiro que meus filhos recebam educação. E você?

    21.2.16

    Contra o Comunismo ontem e hoje

    O russo Mikhail Bakunin era aliado de Karl Marx, mas depois de conhecer Marx e o comunismo mais a fundo, tornou-se um dos primeiros a combatê-lo:
    “Detesto o comunismo, porque é a negação da liberdade e porque não concebo a humanidade sem liberdade. Não sou comunista, porque o comunismo concentra e engole, em benefício do Estado, todas as forças da sociedade; porque conduz inevitavelmente à concepção da propriedade nas mãos do estado, enquanto eu proponho a abolição do estado, a extinção definitiva do princípio mesmo da autoridade e tutela, próprios do Estado, o qual, com o pretexto de moralizar e civilizar os homens, conseguiu até agora somente escravizá-los, persegui-los e corrompê-los.
    Quero que a sociedade e a propriedade coletiva ou social estejam organizadas de baixo para cima por meio da LIVRE ASSOCIAÇÃO e não de cima para baixo mediante a autoridade, seja de que classe for. Proponho a abolição da propriedade pessoal recebida em herança, a qual não é senão uma instituição de Estado, uma consequência direta dos princípios do Estado. Eis aí senhores por que eu sou coletivista e não comunista.”
    Mikhail Bakunin, na Primeira Internacional, em Bruxelas, em 1868.
    "Para o comunismo, anarquismo ou liberdade é a meta, enquanto o estado e a DITADURA é o meio, então logo, com o objetivo de libertar as massas, elas devem antes serem escravizadas."
    Mikhail Bakunin

    O norte-americano J. Edgar Hoover foi um famoso combatente contra o comunismo, como diretor do FBI, de 22 de março de 1935 até o dia 2 de maio de 1972, dia de sua morte. O seu livro, Masters of Deceit, (em português, MESTRES DO ENGANO) foi inspiração para um filme:
    MESTRES DO ENGANO - AGENDA 2: Master of Deceit (Trailer)

    A britânica Margaret Thatcher, a famosa "Dama de Ferro", lutou para recuperar o Reino Unido de uma grave crise depois de um governo socialista. E ela também ficou conhecida por discursos contra as táticas de dominação soviéticas:
    "Os russos estão empenhados em dominar o mundo e estão rapidamente adquirindo os meios para se tornar a mais poderosa nação imperial que o mundo já viu. Os homens do Politburo soviético não têm que se preocupar com o fluxo e refluxo da opinião pública. Colocam as armas antes da manteiga, enquanto nós colocamos quase tudo antes das armas."
    Margaret Thatcher, em 19 de janeiro de 1976, num discurso na sede municipal de Kensington.

    Veja abaixo o link de um vídeo legendado em português, onde Thatcher denuncia que os socialistas odeiam a liberdade:
    Margaret Thatcher: Socialistas odeiam a liberdade

    No Brasil, nós temos o Jair Bolsonaro, que é o político que mais combate o comunismo aqui no Brasil. Sua coragem fez que ele se tornasse o deputado federal mais votado do Rio de Janeiro. Veja abaixo o link de um vídeo onde ele critica severamente o próprio partido:
    MITO! Bolsonaro denuncia seu próprio partido! 03.12.2014

    Veja também o vídeo onde Jair Bolsonaro enfrenta o deputado comunista Alfredo Sirkis, que cometeu vários crimes hediondos no passado, entre os quais o covarde sequestro de um embaixador:
    Bolsonaro faz deputado comunista confessar crime !

    Jair Bolsonaro também ganhou o respeito de vários brasileiros ao se recusar a fazer parte de esquemas de políticos poderosos.
    JAIR BOLSONARO, o único que não se vendeu! - elogio do Ministro Joaquim Barbosa

    O filósofo Olavo de Carvalho é um ex-comunista que, ao perceber as grandes falácias do comunismo, passou a combatê-lo com determinação. Olavo de Carvalho tem uma grande reputação internacional, devido ao seu vasto conhecimento do comunismo. Inclusive, abaixo deixo um link onde ele é entrevistado por um grupo dos Estados Unidos, que luta contra o avanço do comunismo lá.
    The Triumph of Cultural Marxism

    Mais abaixo deixo o vídeo conferência do programa da Internet, "TERÇA LIVRE", onde encontramos Jair Bolsonaro e Olavo de Carvalho discutindo temas interessantes com outros convidados.

    CONTRA O COMUNISMO ONTEM E HOJE (Transmitido ao vivo em 31 de março de 2015)

    A dialética de Marx para um novo mundo "perfeito", por J. Edgar Hoover - Marxist dialectics for a new "perfect" world by J. Edgar Hoover

    Veja, abaixo, o texto de John Edgar Hoover, que foi o 1.º Diretor do FBI, de 22 de março de 1935 até 2 de maio de 1972. J. Edgar Hoover escreveu o livro MASTERS OF DECEIT (em português, MESTRES DO ENGANO), onde ele explica o que é comunismo e compartilha informações sobre as atividades comunistas, dos arquivos do FBI.
    Uma luta constante e amarga não é mau, Marx disse, porque um progresso é conseguido. De fato, ele via toda a história registrada do mundo como uma luta de classes. A humanidade, ele dizia, sempre foi dividida em classes: grupos de pessoas que têm interesses, ideais, e maneiras especiais de fazer as coisas. Essas classes, ele acrescentou, têm lutado desde o começo dos tempos, e continuam lutando. Marx explicou esta luta através de uma fórmula especial, comumente chamada de dialética, tese-antítese-síntese, que ele distorceu da filosofia do famoso filósofo alemão, G.W.F Hegel. Eis aqui como ela funciona para os comunistas:
    Começa, por exemplo, Marx disse, com uma certa classe econômica (uma tese). Esta classe é o poder dominante na sociedade, controlando os meios de produção, a forma que as casas são construídas, o tipo de roupas que as pessoas vestem, e assim por diante. Logo uma classe opositora surge (uma antítese) que busca derrubar a primeira classe, ela tem ideais, motivos e ambições diferentes. O que acontece? Uma batalha ocorre e logo uma nova classe emerge que, de acordo com Marx, incorpora apenas o melhor das duas classes velhas. (Porque um pouco do pior não entra, também, Marx não explica.)
    Então o processo começa tudo de novo. Isso é a história, pois como Marx pregava, o materialismo histórico era nada mais que o conceito do materialismo dialético aplicado na sociedade. A nova classe (síntese) é agora dominante e, dessa forma, se torna a nova tese. Ela direciona como as casas são construídas, como se adquire riquezas, etc., mas, de acordo com as ideias de Marx, outra classe opositora surge (uma nova antítese). Elas lutam, uma outra síntese é obtida, e novamente o mundo entra num novo ciclo.
    Estas ideias, obviamente, são distorcidas e teóricas. Mas para entender o comunismo moderno, é essencial compreender a base da teoria. Apesar de totalmente falsa, esta teoria é a faísca que acende a chama comunista.
    Esta luta de classes, de acordo com o raciocínio de Marx, sempre produziu um estágio superior da civilização. Primeiro, anos atrás, veio a escravidão. A classe escravocrata, como era de se esperar, desenvolveu sua própria "antítese" (quer dizer, seus rivais, que queriam abolir a escravidão). Uma luta surgiu e desenvolveu o feudalismo, representando o melhor de ambos oponentes. Mas a sociedade feudal, que então era a classe dominante, foi atacada por sua própria "antítese", forças internas que se opunham às suas ideias. Por centenas de anos esta luta continuou, gerando, finalmente, uma nova "síntese" (capitalismo), novamente representando as melhores qualidades de ambos rivais.
    Quando Marx escreveu, a história ainda estava no estágio capitalista, mas ele disse que a coisa não podia permanecer assim. Deve (não havia outra alternativa) mudar para o comunismo. A classe capitalista tinha desenvolvido sua própria "antítese", que Marx identificava como o "proletariado" (a classe trabalhadora), que estava tentando derrubar o sistema velho.
    Comunismo, Marx proclamou, representava a nova "síntese" da luta entre os capitalistas e o proletariado e o ápice de toda história. Neste ponto, Marx disse, o conflito cessaria, apesar de que, novamente, ele não disse por quê. O novo mundo seria a sociedade "perfeita" e "final": apátrida, sem classes, sem deuses, onde toda a propriedade usada na produção seria de todos e as atividades humanas seguiriam o princípio "de cada qual, segundo sua capacidade; a cada qual, segundo suas necessidades".

    Text by John Edgar Hoover, for educational purposes only:

    Constant and bitter struggle is not bad, Marx said, because it achieves progress. In fact, he viewed the whole recorded history of the world as a story of class struggle. Mankind, he said, has always been divided into classes: groups of people who have special interests, ideals, and ways of doing things. These classes, he added, have been struggling from the very beginning of time, and still are. Marx explained this struggle by means of a special formula, commonly called the thesis-antithesis-synthesis dialectic, which he distorted from the philosophy of the famous German philosopher, G. W. F. Hegel. Here is how it works for communists:
    Start, for example, Marx said, with a certain economic class (a thesis). This class is the dominant power in society, controlling the means of production, the way houses are built, the kind of clothes worn, and so forth. Soon an opposing class arises (an antithesis) which seeks to overthrow the first class. It has different ideals, motives, and ambitions. What happens? A fight occurs and soon a new class (synthesis) emerges which, according to Marx, incorporates only the best of both old classes. (Why some of the bad does not seep in, too, Marx does not explain.)
    Then the process starts all over again. This is history, for as Marx held, historical materialism was nothing more than applying the concept of dialectical materialism to society. The new class (synthesis) is now dominant and thus becomes, in turn, a new thesis. It directs how to build houses, who gains wealth, etc., but, following Marx's ideas, another opposition class arises (a new antithesis). They struggle, a new synthesis is obtained, and again the world is off on a new cycle.
    These ideas obviously are distorted and theoretical. But to understand modern-day communism, it is essential to grasp the underlying theory. False as it is, this theory is the spark that kindles the communist flame.
    This class struggle, in Marx's reasoning, always produced a higher stage of civilization. First, years ago, came slavery. The slave-owning class, as expected, developed its own "antithesis" (meaning its rivals, who wanted to abolish slavery). A struggle ensued and feudalism developed, representing the best of both opponents. But feudal society, then the dominant class, was attacked by its own "antithesis," forces within its body which opposed its ideas. For hundreds of years this struggle continued, issuing forth finally in a new "synthesis" (capitalism), again
    representing the best features of both rivals.
    When Marx wrote, history was still in the capitalist stage, but he said it could not remain there. It must (there was no alternative) move on to communism. The capitalist class had already developed its own "antithesis," which Marx identified as the "proletariat" (the working class), which was striving to overthrow the old system.
    Communism, Marx proclaimed, represented the new "synthesis" of the capitalist-proletariat struggle and the apex of all history. At this point, said Marx, conflict would now cease, although, again, he does not say why. This new world would be the "perfect" and "final" society: stateless, classless, godless, where all property used in production would be held in common, and human activities would conform to the principle "from each according to his abilities, to each according to his needs."

    Source: J. Edgar Hoover in the book Masters of Deceit, pages 18, 19 and 20 - Cardinal edition.