16.5.13

Abandono das famílias e indiferença da sociedade - A maior dificuldade dos esquizofrênicos

Pessoas afetadas com esquizofrenia teriam muito mais chances de se recuperar se houvesse um bom apoio da parte familiares. Pois doença mental é um problema social. Infelizmente, a desinformação leva familiares a quererem se livrar de seus doentes mentais. É muito triste para mim receber comentários como os seguintes:

"Estou precisando de ajuda, minha mãe tem problemas psiquiátricos gostaria de saber se aceitam ela ai, pois ela mora em Anchieta e ninguém quer aceitá-la essa clínica é de onde? Gostaria de levá-lá ai!
Aguardo a resposta."

"Olá..estou a procura de tratamento para meu irmão esquizofrênico e com surtos... ele é agressivo demasiado e o surto dele é quase 3 dias por semana... estou desesperado e procurando uma clinica ou asilo em Duque de Caxias, já que ele tem 57 anos... ele não consegue viver em sociedade e qualquer lugar que ele mora arruma confusão com os vizinhos.
Quem puder ajudar me informe por favor... obrigado!"

A pessoa diz que quer colocar o irmão esquizofrênico num asilo, pois ele já tem 57 anos, diz ele! Está claro que ele só quer se livrar do irmão, pois o irmão dele pode viver em sociedade, tanto que mora sozinho. Arrumar confusão "quase 3 dias por semana" não é motivo para afastar alguém da sociedade. Parece que essa pessoa só quer jogar o irmão num asilo e ficar com a casa dele. Triste isso. Lógico que com um irmão desses uma esquizofrênico tende a surtar mesmo!

"ESQUIZOFRENIA NÃO TEM CURA, TEM CONTROLE, MAS O PACIENTE TEM QUE ACEITAR TOMAR A MEDICAÇÃO, JÁ VI REMÉDIO PARA ESQUIZOFRENIA QUE CUSTA 30 COMPRIMIDOS, MAIS DE 500 REAIS.
ALÉM DELE TER QUE ACEITAR A TOMAR O REMÉDIO, ELE TEM QUE FAZER TERAPIA TAMBÉM.
É BARRA AMIGO. LEVE A UM PSIQUIATRA, SÓ ELES PODEM PASSAR REMÉDIO E DEPENDENDO DO REMÉDIO, NEM É RECEITA AZUL, É A AMARELA."

Quem escreveu este comentário acima deve ser dono de uma farmácia. Psicotrópicos só deveriam ser usados em emergências, como eu sempre digo. Narcóticos só deveriam ser usados em emergências.

Vários esquizofrênicos se recuperam, geralmente sem medicação, como foi o famoso caso de John Forbes Nash. John Forbes Nash teve grande apoio da esposa. Apoie o esquizofrênico e ele se recuperará e não precisará de psicotrópicos. Ao contrário do que muitos pensam, parece que medicação psiquiátrica tende a PIORAR doenças mentais ao invés de recuperar, infelizmente. No meu dia-a-dia, num Centro de Atenção Psicossocial, eu via essa PIORA todos os dias. Nota: caso esteja tomando medicação NUNCA DEIXE DE TOMAR SEM ORIENTAÇÕES MÉDICAS. AS SEQUELAS PODEM SER TERRÍVEIS NUMA RETIRADA SEM AUXÍLIO MÉDICO.

"POIS NÃO SOU PACIENTE PARA FICAR INTERNADO NUM HOSPITAL DE MALUCO."

Muitas pessoas chamam os manicômios de "hospitais de maluco", sem saber que mais cedo ou mais tarde poderão ser jogados lá contra sua vontade. Primeiro que não existe "hospitais de maluco", pois manicômios não podem ser chamados de hospitais, porque não são. Os pacientes com doenças mentais não são malucos, estão doentes.

Manicômios são uma instituição com objetivos políticos. Psicotrópicos são um golpe comercial. Não culpo os psiquiatras pelo terrível sistema explorador de doenças mentais, pois há bons psiquiatras que evitam usar esses psicotrópicos comerciais, mas digo com segurança que se a população conhecesse a história dos manicômios a população se revoltaria como nunca antes; e as pessoas ficariam tão furiosas que linchariam todos os psiquiatras. Sem brincadeira.
-

13 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. apoio da familia é muito importante,as familias deveriam encarar o portador de algum transtorno mental com um ser que é capaz de produzir,interagir ,contribuir de alguma forma com a sociedade e deve ser respeitado como ser humano e não tratado como um fardo.

      Excluir
  2. Anônimo10:34 AM

    Eu tenho diagnostico de esquizofrenia e ja tomei varios remedios como haloperidol,olanzapina entre outros,a verdade é que eu tomava no minimo 3 comprimidos diferentes todos os dia e tudo com indicação medica e eu sentia que cada vez eu piorava mais ate que decidi parar de tomar a medicação por conta propria e fui melhorando,faz quase 1 ano que não tomo medicação e estou super bem sem nenhuma pertubação,esses remedio não resolvem o problema o que eles fazem é apagar o paciente,deixar a mente mais confusa ainda e por isso não existe melhora,sou contra remedios para o tratamento da esquizofrenia e outros transtornos,esquizofrenia se controla não com medicação e sim com amor e apoio da famila e terapia com um bom psicologo

    ResponderExcluir
  3. Anônimo4:53 PM

    Olha, é também fácil falar que a família tem que dar todo apoio, ter paciência etc, mas conviver com uma pessoa extremamente agressiva, como é o caso da minha parente, não é nada fácil. Aos poucos, todos estão se afastando dela. A paciência acabou, ninguém mais aguenta ouvir ofensas e ameaças do nada. Tenho pena, mas tenho meus problemas também e a útima vez que essa pessoa aprontou comigo (depois de várias relevadas em casos anteriores) fiquei chorando por 2 dias. No fim, a pessoa morreu para mim. Não quero mais saber e ver nem mesmo através de binóculos.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo4:49 PM

    Também acho muito fácil jogar toda a carga nas costas da família e ficar fazendo discurso sobre amor, carinho etc. Agora vai conviver com um esquizofrênico agressivo para ver como é. Tenho uma parente assim e aconteceu o mesmo que foi contado na mensagem anterior. Fui ofendida e ameaçada seriamente, chorei muito e agora não quero ver a pessoa de jeito nenhum. Minha parente é tão agressiva que só uma pessoa da família ainda fala com ela. Infelizmente, vai ficar sozinha porque todos já tem seus problemas e o ser não aceita se tratar.

    ResponderExcluir
  5. Estou no mesmo barco, o pior que eh com a minha mãe, sendo que eu saí de casa quando tinha 15 anos, ela nunca cuidou direito de mim, mandava pra escola sem almoço, com 10 anos eu já lavava minha roupa senão andava suja, só me umilhava , isso que nem era surtada, eu prefiria fazer contra turno sem precisar a ficar em casa, amava a escola pq era onde tinha paz, não sei como não fiquei depressiva, hj tenho medo dela e de tudo, sou desconfiada das pessoas e tenho dificuldade em me relacionar, vivo no meu mundo e sou fechada segundo meu marido, já recebi várias ameaças de morte dela, parece que eu não posso ser feliz, ela me odeia só pelo fato de eu existir, e ainda sou obrigada a ouvir que sou uma filha omissa que não gosta da mãe, e ainda vou responder por ela e querem que eu cuide dela, dei um duro danado pra colocar minha vida em ordem, e agora a justiça tá me chamando pra prestar esclarecimentos...
    Para quem vive de fora eh fácil acusar, não sei mais o que faco, só queria viver minha vida em paz, já tentei ajudar varis vezes e só ganhei socos e tapas....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo10:18 AM

      Eu entendo, passo isso com a minha mãe também, nao sei mais o que eu faço...

      Excluir
  6. Também sou filho de uma pessoa portadora de esquizofrênia paranoide crônica. Estou tentando seguir tudo conforme recomendado pelo CAPS, com muito carinho e atenção, mas a batalha parece que não acaba nunca. Sou seu unico cuidador e o contínuo processo de melhora e piora dela as vezes quase me leva a loucura. Ainda não deixei a peteca cair, mas não julgo aqueles que se esquivam da responsabilidade porque realmente não é fácil. O pior é que todo o esforço do cuidador geralmente não é reconhecido pelo doente mental, nem pelos próximos, nem pela sociedade. Também não há um suporte adequado do Estado.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo4:46 PM

    Apenas quem vive diariamente com um doente esquizofrênico pode opinar sobre o caso. Chega um certo ponto que ou você interna o doente no hospital definitivamente ou vai toda família morrer antes dele de tanto que ele causa sofrimento a todos que se aproximam dele. Sem que o doente queira levar uma vida normal, fazendo o tratamento correto, é impossível conviver para sempre com ele.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo3:03 PM

    Pela lógica, só médicos e paramédicos deveriam ser responsáveis por cuidar de pessoas doentes. Só eles teriam condições de dar acompanhamento adequado. Responsabilizar a família tem pelo menos duas consequências indesejáveis: sobrecarrega a família, facilitando outros adoecimentos, e favorece a dependência e infantilização do doente mental, que é muito ruim para ele. Isso contribui para que uma vida sem remédios seja completamente inviável.

    ResponderExcluir
  9. É muito complicado uma pessoa que ta di fora nao sabe como é dificio conviver com uma pesso assim no meu caso é um irmao 20 anos mais velho q eu.nao tem pai nao tem mãe os dois ja sao falecido
    Nunka convivi com ele pois aos cinco anos atras ele era mais caumo ainda conversava perguntava e respondia direito as pessoas sempre soubemos q ele tinha problemas mentais mais de uns cinco ano pracar ele tar violento do nada começa a gritar tacar as coisas pro auto tenho mais tres irmãs mais velhas que eu nois quatro juntamos e fizemos uma vaquinha pra pagar aluguel de uma casinha pra ele pois somos muitos humiude so q ele nao fica na casa dorme na rua e viver na porta dos outro pedindo comida como se fosse um mendigo anda na rua pelado mija na roupa vinero atè nois e falaro o que caso dele era internação em clinica piciquiatra foi internada aqui na clinica da nossa cidade ficou três cemana e soutaram vouto pior nao sabemos o que fazer pos tenho tres filhos uma menina de 6anos e um casal de gemeos 1ano e meio nao tenho coragem de colocar ele detro da minha casa e nem o meu marido aceita..

    ResponderExcluir
  10. É muito complicado uma pessoa que ta di fora nao sabe como é dificio conviver com uma pesso assim no meu caso é um irmao 20 anos mais velho q eu.nao tem pai nao tem mãe os dois ja sao falecido
    Nunka convivi com ele pois aos cinco anos atras ele era mais caumo ainda conversava perguntava e respondia direito as pessoas sempre soubemos q ele tinha problemas mentais mais de uns cinco ano pracar ele tar violento do nada começa a gritar tacar as coisas pro auto tenho mais tres irmãs mais velhas que eu nois quatro juntamos e fizemos uma vaquinha pra pagar aluguel de uma casinha pra ele pois somos muitos humiude so q ele nao fica na casa dorme na rua e viver na porta dos outro pedindo comida como se fosse um mendigo anda na rua pelado mija na roupa vinero atè nois e falaro o que caso dele era internação em clinica piciquiatra foi internada aqui na clinica da nossa cidade ficou três cemana e soutaram vouto pior nao sabemos o que fazer pos tenho tres filhos uma menina de 6anos e um casal de gemeos 1ano e meio nao tenho coragem de colocar ele detro da minha casa e nem o meu marido aceita..

    ResponderExcluir
  11. Anônimo3:04 PM

    Estou desesperada minha prima já esta a 8 anos doente excrisofenia não aceita tomar remédio a já tentou matar o marido da irma dela, já quis bater cm uma pá na minha tia, agora ela esta morando no interior passando fome pois a mãe não quer mas ajuda em nada, e ela e bem financeiramente, queria muito uma orientação de como faço para denunciar essa situação

    ResponderExcluir

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Não são toleradas ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

As informações dispostas aqui são CONFIRMADAS através de várias fontes. A qualidade obtida aqui não se consegue da noite para o dia, mas sim de uma experiência de VÁRIOS ANOS.

Portanto, se houver algo a ser corrigido aqui, publique nos comentários, mas COM PROVAS, como eu faço.

Algumas pessoas, ao tomar medicações psiquiátricas ou drogas ilícitas, não sofrem efeitos adversos significativos (como vemos algumas pessoas que fumam a vida toda e morrem de velhice.) Portanto verei como normal algumas pessoas dizerem que nunca sentiram nenhum efeito colateral ao tomar determinado psicotrópico.

Mas qualquer indivíduo que escrever algo contra as informações técnicas mostradas aqui deve PROVAR IMEDIATAMENTE na mesma mensagem, do contrário terei que deletar.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you