21.1.09

TRISTE HISTORIA DA PSIQUIATRIA

__Pois, é Doutora... eu percebi que aquele remédio não estava fazendo ele dormir. Aí eu aumentei a dose e ele voltou a dormir bem. Disse um familiar de paciente psiquiátrico à Doutora.
__Aquele remédio estava me dando muito sono, daí eu diminui a dose. Disse um paciente.
Ao ouvir isso a psiquiatra protesta e diz que só ela deveria fazer alterações nos remédios.
No movimento da Luta Antimanicomial pacientes psiquiátricos bebem sua cervejinha. Outra psiquiatra tenta protestar:
__Quem toma remédio não pode ingerir bebida alcoólica!
Ninguém liga. No fundo, ninguém mais acredita em psiquiatra. E isso, doutores, é reflexo da falta de sinceridade de vocês mesmos. As pessoas percebem quando vocês estão tentando enrolar. Por isso eu espero que os novos psiquiatras reflitam, e sejam mais verdadeiros.

A DOENÇA QUE NEM DEUS CONSEGUE CURAR

Assistindo um programa evangélico na TV, eu me maravilhava com as curas milagrosas:
__Eu tinha câncer, e Deus me curou. Olha o primeiro exame que mostra que eu tinha câncer, e agora o exame que mostra que eu não tenho mais nada.
Daí outra mulher também mostrou um exame que mostrava que ela tinha AIDS, e um segundo exame que já mostrava que ela não tinha nada. Deus a tinha curado! Houve até uma mãe que mostrou os exames que mostravam que o filho tinha síndrome de down – que segundo ela mesma não é doença, é condição – e mesmo assim o segundo exame mostrava que Deus o tinha curado! Daí eu observei que só um tipo de doença nunca tinha sido relatado nenhum caso de cura: a doença mental. Isso porque não existem exames para indicar a existência de uma doença mental. Muito menos para indicar cura!

Por isso os psiquiatras chamam as doenças mentais de transtornos mentais. Ou seja, se alguém fingir que tem transtorno mental nenhum psiquiatra pode provar que a pessoa tem realmente tal transtorno mental, ou não tem. Por exemplo, para meu trabalho, eu precisava mostrar um exame que indicasse como está minha saúde mental. Daí a médica escreveu um documento cheio de idéias subjetivas dela e me entregou. Um LAUDO MÉDICO. Não houve qualquer exame, qualquer chapa, pois isso não existe na psiquiatria. Apenas observações subjetivas.

OS PSIQUIATRAS QUE ME DESCULPEM

Não é meu objetivo ofender os psiquiatras, mas eles me ofenderam. Me ofenderam quando, ao fazer meu diagnóstico, não aceitaram o meu depoimento, como se o que eu queria dizer não tivesse valor. Me ofenderam com um LAUDO MÉDICO que me chamou de agressivo, quando na verdade quem foi agredido fui eu. Quem foi amarrado na cama fui eu. Quem apanhou fui eu. Um laudo médico que mais parece um veridicto moral, como diz a paciente psiquiátrica Cíntia del Solar. E é bem desagradável ver que os médicos omitem informações sobre os psicofármacos (remédios).

É evidente que um psicofármaco pode ajudar uma pessoa em crise. Mas é evidente também que seus efeitos são devastadores, e vocês psiquiatras deveriam informar as pessoas sobre isso. É uma pena que praticamente não haja site brasileiro que informe as pessoas sobre os efeitos devastadores dos psicofármacos. Mas não tem problema. Eu, pessoalmente, vou traduzir os sites em inglês, para que as pessoas possam ver, aqui, sobre os efeitos dos psicofármacos. E aí vai a primeira notícia:

USO DE DROGAS ANTIPSICÓTICAS ATÍPICAS AUMENTAM O RISCO DE MORTE CARDÍACA EM ADULTOS

Pacientes de 30 a 74 anos que tomaram drogas antipsicóticas atípicas como risperidona (vendido como Risperdal), quetiapina (Seroquel), olanzapina (Zyprexa) e clozapina (Clozaril) tiveram um risco bem maior de morte súbita por arritmias cardíacas e outras causas cardíacas que pacientes que não tomam essas medicações. Veja o resto da notícia na página em inglês: Use Of Atypical Antipsychotic Drugs Increases Risk Of Sudden Cardiac Death In Adults

5 comentários:

  1. É engraçado q eles até preferem entregar o medicamento sem bula, q é prá nos manter alheios às verdadeiras informações... Qndo eu me tratava com uma psiquiatra particular, ela uma vez me arranjou alguns antidepressivos de graça, mas teve o trabalho de abrir todas as caixas e arrancar as bulas de dentro de cada uma!! Disse q eu não precisava saber daquilo... Minha sorte é ser de uma curiosidade incurável, q somada ao Google e as informações q eu já tinha até mesmo da minha mãe, paciente psiquiátrica há quase 30 anos, me abriram os olhos pra várias coisas...
    Vc está corretíssimo em dizer q prá q possamos confiar nos psiquiatras, eles próprios têm de se fazer CONFIÁVEIS.

    ResponderExcluir
  2. Jorge C.R6:02 PM

    Olá amigos,tenho um comunicado a fazer,bom...como vocês já devem ter percebi a novela caminho das Índias abordara sobre a psiquiatria,vi algumas cenas da novela e gostei muito doque vi! Peço a vocês que vejam também,e comentem no blog da autora Gloria Perez. http://www.gloriafperez.blogspot.com/ tenho certeza que ela dará uma visibilidade a nossa profissão,e que também mostrara o lado dos pacientes que são tão descriminados como vocês bem sabem, o psiquiatra da Clinica é o ator Stenio Garcia,que fará um medico renomado,pelo que já vi na novela esta muito próximo doque é a nossa profissão. Também amanha, sábado, terá a participação de um estagiário na clinica,pelo que eu andei lendo no blog da autora Gloria Perez,as pessoas estão pedindo que o estagiário continue na novela.
    Amigos!!!! como vocês sabem e muito difícil a vida de um estagiário,ainda mais na nossa área porque exige muito amor e carinho,Vi que o ator Daniel Marques que fará essa participação está se dedicando muito a entender sobre o assunto,é jovem e renovado como muitos de nos,então peço a vocês que visitem o blog e deixem seus comentários sobre como vai ser tratada nossa profissão.

    Abraços
    Atenciosamente
    Jorge C.R

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Lady Murphy. O que eu espero é que os médicos e profissionais de saúde revejam a forma de tratar quem faz tratamento psiquiátrico. Dizer a verdade é a melhor coisa para o paciente. Pois se os médicos não são francos, como vamos confiar no tratamento? Saúde para todos nós.

    ResponderExcluir
  4. Eu tomei Seroquel por quase 3 anos... engordei 25 Kg, meu colesterol aumentou (nunca ticve problemas com peso ou mau colesterol) e tive um infarto que quase tirou minha vida e eu nunca tive problemas cardíacos... Eu tenho vontade de fazer a psiquiatra que me atendeu a tomar 10 anos seguidos 700 mg de Seroquel todos os dias... queria que ela ficasse com 150 Kg, pois ela já é obesa, que ela tivesse arritmias, taquicardia e mudanças bruscas de temperatura no corpo, fígado inchado... É absolutamente horrível vc estar nas mãos de um ser irresponsável como este, que não está nem aí com vc, nem aí se vc tem um corpo... E o pior de tudo é saber que não existem advogados capacitados pra processar um profissional desses e o laboratório que criou esse veneno de matar pessoas. Me sinto usurpada, enganada, usada e abusada...

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10:27 PM

    Risperidona é uma merda mesmo, quase me matou essa desgraça

    ResponderExcluir

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Não são toleradas ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

As informações dispostas aqui são CONFIRMADAS através de várias fontes. A qualidade obtida aqui não se consegue da noite para o dia, mas sim de uma experiência de VÁRIOS ANOS.

Portanto, se houver algo a ser corrigido aqui, publique nos comentários, mas COM PROVAS, como eu faço.

Algumas pessoas, ao tomar medicações psiquiátricas ou drogas ilícitas, não sofrem efeitos adversos significativos (como vemos algumas pessoas que fumam a vida toda e morrem de velhice.) Portanto verei como normal algumas pessoas dizerem que nunca sentiram nenhum efeito colateral ao tomar determinado psicotrópico.

Mas qualquer indivíduo que escrever algo contra as informações técnicas mostradas aqui deve PROVAR IMEDIATAMENTE na mesma mensagem, do contrário terei que deletar.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you