19.4.09

ANTIPSICÓTICOS E SUICÍDIOS

Abaixo está uma parte da entrevista com o médico David Healy, que fala dos psicofármacos e dos perigos para saúde que tais medicações trazem. Entre outras coisas ele fala sobre como os antipsicóticos induzem as pessoas ao suicídio. A entrevista é de 16 de abril de 2009. Se souber ler inglês, veja a entrevista completa em Bipolar disorder and its biomythology: An interview with David Healy. Logo eu publicarei esta entrevista traduzida na íntegra no blog USUÁRIO DE SAÚDE MENTAL.

E são os antipsicóticos na verdade mais seguros que antidepressivos?

Não, eles não são. Os antipsicóticos são tão perigosos quanto os antidepressivos. Antes da introdução dos antipsicóticos, as taxas de suicídio na esquizofrenia eram extremamente baixas, eram difíceis de diferenciar do resto da população. Desde a introdução dos antipsicóticos as taxas de suicídio subiram 10 - ou 20 vezes.

Muito antes de que os antidepressivos fossem relacionados a acatisia, os antipsicóticos eram universalmente reconhecidos como causadores desse problema. Também foi universalmente aceito que a acatisia que eles causavam tinha o risco de induzir o paciente ao suicídio ou à violência.

Eles também causam uma dependência física. Zyprexa está entre as drogas mais susceptíveis de fazer que as pessoas se tornem fisicamente dependentes dela. No que me diz respeito, a licença do Zyprexa para a suposta manutenção para tratamento de transtorno bipolar resulta de dados que são de fato excelente prova para o que provoca dependência física e os problemas que podem surgir quando o tratamento é interrompido.

Além disso, naturalmente, estas drogas são conhecidas por causar uma variedade de síndromes neurológicas, diabetes, problemas cardiovasculares, e outros problemas. É difícil compreender o quão cegos clínicos podem ficar para problemas como estes, em especial nos jovens que crescem e se tornam obesos e diabéticos bem diante de seus olhos.

Mas temos um campo que, quando confrontados com o óbvio, em vez disso optou por ouvir as vozes de Eli Lilly dizendo: "Oh não, não há qualquer problema com Zyprexa. A psicose é o que provoca diabetes-Henry Maudsley reconheceu isso 130 anos atrás". Bem, Henry Maudsley odiava pacientes, e viu pouquíssimos deles num tempo em que o diabetes era raro. Recentemente, olhamos para as admissões do Hospital de North Wales no período 1875-1924, vasculhando sua carreira, e entre os mais de 1200 casos admitidos por doença mental grave, ninguém tinha diabetes e ninguém passou a desenvolvê-la.

Também analisamos as admissões para a unidade local de saúde mental entre 1994 e 2007, e em mais de 400 internações primeiro ninguém tinha diabetes de tipo 2, mas o grupo como um todo passou a desenvolver diabetes em dobro da taxa nacional.

Isto não é surpreendente. O que é impressionante é como o campo inteiro engoliu a linha da Lilly, especialmente quando ela era tão implausível para começar. Tivemos grandes dificuldades para fazer que este artigo fosse publicado. Um jornal se recusou mesmo a revê-lo.

ESTEREOTIPADOS

“Alguns querem que a gente fique enclausurado. As pessoas acham que a gente só sabe rasgar dinheiro e comer cocô. Não é isso. É um sofrimento psíquico. Você tem uma úlcera, muita gente pode não acreditar em você, porque não está vendo. É a mesma coisa. Só chora pela dor, quem sente. Imagina como é viver com um monte de remédio. A gente também precisa ser livre.” Hamilton do Harmonia Enlouquece, em uma entrevista.

Gostaria de me explicar mais uma vez aos bons psiquiatras e psicólogos. Pois eles merecem respeito. As críticas que faço aqui são mais voltadas aos maus. Eu não sou seguidor da psiquiatria biológica, mas posso entender que há bons profissionais tentando fazer o melhor. Mas graças aos diagnósticos feitos por seus colegas psiquiatras, eu realmente não acredito que psiquiatria já seja ciência. O que não quer dizer que um psiquiatra não mereça respeito e consideração.

No meu prontuário diz que eu tive depressão(hipomania). Mas o problema é que essa depressão não aconteceu em nenhum de meus surtos. Aconteceu quando eu estava tomando o antipsicótico haldol, me recuperando. E logo que o Haldol foi retirado a depressão sumiu. É lógico que essa depressão foi causada pelo antipsicótico haldol. Afinal, como mostrado na entrevista do médico acima, antipsicóticos induzem ao suicídio, logo causam depressão. (Ninguém se suicida sem estar deprimido, não é?) Eu senti na pele a comprovação de que o médico acima está certo.

Para terminar eu gostaria de comentar o que o Hamilton do Harmonia Enlouquece disse. A doença mental é como uma úlcera. Ninguém vê. Para ver a úlcera o médico deve tirar uma chapa, um raio X, ou coisa parecida. O problema da psiquiatria é que os psiquiatras não usam nenhum raio X para ver nossa doença, e mesmo assim, nos colocam mil diagnósticos. Com todo respeito aos psiquiatras, mas tais diagnósticos pouco servem. E não conseguem ter uma imagem real de uma doença que não pode ser vista, como disse o Hamilton. Os psiquiatras tentam diagnosticar o exterior, sem ver o interior, onde está a doença. Com todo respeito, não dá para levar esses diagnósticos à sério. Esses diagnósticos na verdade não passam de estereótipos. Pacientes psiquiátricos, nós não somos diagnosticados, somos estereotipados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Eu acredito em LIBERDADE DE EXPRESSÃO, por isso eu até publico ofensas a minha pessoa, mas não tolero ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

Somente peço que, ao afirmar alguma coisa aqui, deixe fontes, seja através de links ou livros. Isso valoriza o que você diz.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you