22.5.09

Lítio - Lithium (Nirvana)



Preste bastante atenção nessa música do Nirvana, de autoria de Kurt Cobain. Ela descreve os efeitos do lítio. Os efeitos que usuários do lítio experimentam com frequência. Começa dizendo "Eu estou tão feliz... pois hoje encontrei meus amigos. Eles estão na minha cabeça. (Estão na cabeça pois são ilusões.) Toda a música é depressiva e cheia de dor.

A música descreve a sensação que as pessoas sentem, quando estão ao ponto de enlouquecer.

Kurt Cobain, vocalista do Nirvana era usuário de lítio. Como eu. E parece que ele não resistiu às sensações que sentiu e se matou.

Lítio, para quem não sabe, é a droga usada pela psiquiatria para "tratar" transtorno bipolar. Transtorno bipolar é a "doença" em que se diz que a pessoa fica, ora muito feliz, ora muito triste. em outras palavras, a pessoa fica deprimida ou eufórica.

O interessante é que antes de se matar ele já tinha feito uma tentativa. Tentou se matar tomando 50 comprimidos de um outro medicamento com champanha! É só para isso que esses psicotrópicos servem: para fazer as pessoas tentarem suicídio com o próprio "remédio"! Se esses psicotrópicos funcionassem mesmo ninguém tentaria se matar com eles!

Essa postagem é uma homenagem a Kurt Cobain, um companheiro de lítio. E servirá também para eu pedir que as pessoas parem de ver suicidas como covardes. O senhor Kurt Cobain foi super-corajoso no momento de sua morte. Além disso, os motivos que levam alguém a se suicidar são sérios. Ninguém se mata porque é fraco. Fraco é quem fala mal do suicida. E as pessoas não se matam só quando estão doentes. Existem motivos mais fortes que podem levar alguém ao suicídio. Só muita indiferença mesmo para fazer alguém acreditar que quem se mata está ruim da cabeça e pronto.

Descanse em paz, Kurt. Será uma grande honra para mim seguir seus passos.

Eu estou mal ultimamente. Quer dizer, estou meio pirado. Eu estou me readaptando a essa maldita droga chamada lítio. E o lítio deixa a gente doidão!!

Portanto se eu ficar muito tempo sem escrever aqui talvez eu tenha passado dos limites e sido internado. Talvez eu tenha tido uma overdose de drogas ilícitas. Tomando lítio a gente fica com vontade de experimentar outras drogas pesadas (como o Kurt Cobain fez). Ou então talvez eu tenha ido me encontrar com o Kurt Cobain.

MAIS SOBRE KURT COBAIN NA WIKIPÉDIA
VEJA MAIS SOBRE A MORTE DE KURT COBAIN NO SITE DA ABRIL

ATUALIZAÇÃO DE 27 DE OUTUBRO DE 2011:
HOJE EM DIA EM NÃO TOMO MAIS LÍTIO. NÃO TENHO MAIS O MENOR PENSAMENTO SUICIDA. NÃO TENHO MOTIVO PARA ISSO. PRETENDO PROCESSAR O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE, POIS CONSIDERO QUE A PRESCRIÇÃO DO LÍTIO FOI UM ERRO MÉDICO.

28 comentários:

  1. oias vezes ja fiquei assim tambem
    by: tai

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3:27 PM

      eu n aguento mais...

      Excluir
  2. Anônimo12:21 PM

    Oi, eu uso lithium e essa musica expressa muito o que sinto.
    Eu tenho 17 anos e vou ao psiquiatra desde os 10. Eu já tentei suicídio com as pilulas. Me ameaçaram varias vezes com a internação, como se eu me importasse. Eu nem tenho expectativa de vida. Mas hoje estou com medo, ouvi minha mãe ao telefone e sei que hoje a ameaça se cumprirá. Ela me disse de manhã que iriamos pra outra cidade, sair um pouco. Apenas sorri, como se não soubesse da armadilha que me espera. Enfim, não sei porque estou escrevendo isso aqui,talvez porque goste deveras desse blog. Adeus.

    L.L.R.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo11:27 PM

      Oi, no momento tudo que eu queria era poder me internar, pois luto contra depressão e bipolaridade ha mais de 10 anos e confesso que já estou cansada de dizer não consigo. Você é super novo de veria fazr um tratamento certinho, para que vc tenho qualidade de vida, pois tens muito anos pela frente. BOA SORTE

      Excluir
    2. Anônimo9:54 PM

      Oi... gostei da sua resposta para o menino que escreveu.... tenho 25 anos.... acabei ee me separar.... hoje meus filhos estao com o pai e encontrei vcs por acaso procurando na net se eu tomar o litio se eu vou morrer... nao quero dor so quero deitar e durmir para sempre.... esta semana minha psicologa falou que sou bipolar.... pra falar verdade nao sei o que e isso...

      Excluir
    3. Morrer NUNCA é a solução. Viva para proteger seus filhos e fazer tudo para que eles não sejam bipolares. Existem opções ao lítio. Existe medicina ortomolecular. O lítio é apenas a forma mais lucrativa para a indústria no trato do transtorno bipolar.

      Excluir
    4. Anônimo8:48 AM

      Bom dia. Sinto muito pela situação que estas passando, estou em tratamento a 4 anos,ja usei Litio,hoje uso outras drogas tão fortes,quanto. Ja estive internada por 7 vezes e fiz tratamento ICT, não é facil meu amigo. Mas á boas clinicas. Desejo muita sorte a vc e que se recupere logo. Descarte o Suício porque ele só adia o nosso sofrimento. Eu mesma já tentei duas vezes e graças a Deus não deu certo. Força.Denise

      Excluir
  3. 17 anos, plena adolescência... é revoltante pensar que você, jovem, está enfrentando os efeitos do lítio.

    Esses psicotrópicos NUNCA deveriam ser usados em pessoas muito jovens.

    Conversa, compreensão e respeito funcionariam muito melhor.

    Mas não resista ao "tratamento", pois é pior, pois aí eles forçam as pessoas, com violência, muitas vezes. Fico feliz de saber que você acompanha o blog.

    Não tente suicídio. Pense que um dia você vai superar tudo isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3:04 PM

      Como você pode dizer uma coisa dessas?!Compreensão e respeito não tratam doença nenhuma.Você sabe disso.Bipolaridade não é uma doença psicológico,não é algo controlável.

      Excluir
  4. O transtorno bipolar deve-se ao distúrbio neuroquímico no cérebro do indivíduo. Somente medicamentos podem reverter esse quadro e dar ao indivíduo afetado, uma qualidade de vida melhor.

    Dizer que "conversa, compreensão e blá, blá, blá..." curam me lembra uma tirinha, de um carinha sem o braço dizendo "Cara me arrancaram o braço" e outro responde "Seja você mesmo!".

    Faço uso de Litium há 9 anos (Regularmente 4), e levo uma vida bacana, com atropelos, desventuras, alegrias, vitórias, como de qualquer ser humano que ser esforça para tal.

    MEDICAMENTO é aliado, não inimigo.

    ResponderExcluir
  5. Só pra reforçar...

    Cada organismo, reage de uma forma diferente, talvez o Litio não seja o mais indicado. Para que haja eficiência no tratamento, o paciente deve estar participando ao médico as reações do medicamento, para que encontre o correto. Psicoterapia também é um forte aliado. Resistência a medicação é muito pior (já tentei e não foi nada legal).

    ResponderExcluir
  6. Anônimo6:59 PM

    Acho que não sou o único. Obrigado pela postagem.

    ResponderExcluir
  7. Tomo Lítio faz + ou - 6 anos, e no meu caso solução de um dos piores problemas que tinha que era a ira, o coração vinha parar na boca e uma violência tomava conta do meu ser, e só com lítio consigo controlar essa raiva, ira...
    Destesto saber que tenho que tomar remédias diáriamente para viver normal, mas cheguei a conclusão que é isso.
    Nara Viamão 07/06/2012

    ResponderExcluir
  8. Anônimo9:10 AM

    já tomei litio para tratar transtorno bipolar,ná época me deixava apática mas foi me estabilizou, preferi viver sem os remédios
    e correr os riscos que isso trás...mas até agora não tive mais crises muito sérias somente algumas alterações de humor..acho que prefiro a gangora emocional do que viver dormente..mas se for preciso volto a tomar...

    ResponderExcluir
  9. Anônimo11:48 AM

    Todos que sofrem de algum tipo de transtorno ou depressão,além de seguir o tratamento médico, deve ter Jesus em sua vida, pois somente ele nos da o rumo certo. Os medicamentos apenas ajuda o nosso físico, mas na verdade a doença é na alma, é esta só Ele cura. Ele tem sido minha cura todos os dias.Pela medicina sou portadora de Transtorno Bipolar, não dependo de remédios, apenas faço o tratamento. Falo com propriedade injeto JESUS todos os dias em minha veia. Só ELE pode nos ajudar.
    Muitos procuram preencher o vazio que sentem, aumentando as doses de medicamentos, mas eu preencho o vazio com JESUS.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo12:08 PM

    O meu Psiquiatra, me disse que o mal de todos os que tem problemas psiquiatricos é acharem que não precisam de JESUS.Não confundam ser religioso e ter JESUS. A religião leva o homem a ruína muitas vezes, mas JESUS tras paz, mesmo em meio as trevas que vivemos muitas e muitas vezes quando estamos em crise. Ele envia o consolo na hora certa. Ele nos entende sem se quer pronunciarmos sequer uma palavra. Não dependam das drogas psicotropicas, dependam de Jesus. Não larguem o tratamento médico, mas procurem ajuda espiritual.Se não conseguirem sozinhos, peça ajuda, há sempre uma mão estendida para ajudar. Abraços a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3:07 PM

      Mano,que Jesus?!Bipolaridade não é uma doença psicológica.Vocês que não entendem o que é parem de falar besteira,é uma doença como qualquer outra,é como um câncer,toma conta e não podemos controlar
      controlar.

      Excluir
  11. Isaac Carneiro Victal;

    Não há provas de desequilíbrio químico no cérebro de doentes mentais,melhoras se dão pelo chamado efeito placebo e as drogas depos de um tempo manifestam terríveis efeitos colaterais,vide a obra Anatomia de uma Epidemia,Drogas Psiquiátricas e o Assustador Crescimento da Doençs Mental na América,premiada como a melhor obra investigativa de 2010.

    ResponderExcluir
  12. Também estou chocado com os relatos de pessoas acossadas pelo tratamento e internações psiquiátricas forçadas pelos familiares,sugiro que bote a boca no trombone e procure entidades como a CCHR ou outras que defendem os direitos humanos e FUJAM dos carrascos que almejam encarcerálos numa rede de manicômios que já matou 300.000 pessoas só no nosso país segundo Carrano Bueno.Famílias que internam alguém nessa rede mortífera são prejuciais e devemos a todo custo para nosso bem fugir delas.

    ResponderExcluir
  13. Eu não sei oq eu tenho não uso o litio , eu odeio q minha vida todos os dias acordo tão deprimido e sozinho , Kurt e meu maior ídolo as vezes a músicas dele me acalma tipo como se tivessem me confrontando eu penso muito em me mata , pq parece q a vida só é dor e sofrimento e uma grande infelicidade eu não sei oq e amar , talvez daqui há semanas meses vou tar no lado de Kurt ...

    ResponderExcluir
  14. Eu não sei oq eu tenho não uso o litio , eu odeio q minha vida todos os dias acordo tão deprimido e sozinho , Kurt e meu maior ídolo as vezes a músicas dele me acalma tipo como se tivessem me confrontando eu penso muito em me mata , pq parece q a vida só é dor e sofrimento e uma grande infelicidade eu não sei oq e amar , talvez daqui há semanas meses vou tar no lado de Kurt ...

    ResponderExcluir
  15. Anônimo2:09 PM

    eu sou alcoólatra e bipolar. O Litio aumentou significativamente a minha vontade de beber e eu já estava sóbria há três anos :-(

    ResponderExcluir
  16. Galera, encontrem paz! seja onde for necessário. Mas depois da morte só há o negrume e mais nada... Vivam por favor! quem sabe a alegria resolva voltar! você precisam compreender que, a vida só é linda quando enxergamos os detalhes nas entrelinhas. Entendo o que faz vocês se sentirem assim. Mas enfim, é só uma questão de luta! ele morreu aos 27 anos, muito corajoso. Isso realmente é admirador, mas não é algo que não me espelha! escolho viver! Vivam também, por que quando estamos de bem com a vida, não nenhum outro ser capaz de amar, se importar tanto assim.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo9:23 PM

    E...complicado morrer e viver sem sei la, escrevo isso agora e to tendo muitas e muitas alucinações acabei de ver show no meu banheiro kkkkk loucura vc ainda não viu nada grunge salvou a minha a vida e por issso viajar não e mais motivos pra tristeza kkkkkk mmmmmorrer talvez seria uma ideia louca mais de certa forma sensata te tratarem como louco e não ter apoio de uma familia e complicado.Fim e o que os duendes me falaram e sim eu concordo com eles flw mundo

    ResponderExcluir
  18. Eu tomo lítio mas não tenho crises de ansiedade depressão por isso mas quem vai conseguir evitar que o filho fique doente bipolar ou alguém que só pensa em morrer acho que não está em condições de raciocínar

    ResponderExcluir
  19. Faço uso do carbolitium associado a outras drogas desde2004 além de acompanhamento mensal com psiquiatra.Me adaptei muito bem a medicação tendo ligeiros episódios de depressão ou mania o que não chega a se estabelecer devido minha frequência ao medico. Tenho minhas maluquices iguais a de todas pessoas que não são bipolares porém antes do diagnóstico fui ao inferno.

    ResponderExcluir
  20. Anônimo12:31 AM

    O litio me fez parar de querer matar todos a minha volta.De 16 de tratamento ele foi a única focinheira Boa.kkkkk.confesso que vivo no mundo da lua mas ja descobri que nunca pertenci a este mundo mesmo.��

    ResponderExcluir
  21. Estou deitada, com alguns compridos já destacados da cartela, tem lítio e sertralina. Confesso que no início do tratamento em novembro do ano passado as drogas me fizeram bem, sai da escuridão em q me encontrava. Consegui concluir o último semestre sem querer morrer ou matar alguém. Meu convênio trocou meu médico q era muito bom sem ao menos avisar. Comecei a sentir muita ânsia de vômito ao tomar o Lítio até decidir parar, faz algumas semanas q não tomo mais, e olha.... Tô aqui, criando coragem pra partir, não aguento mais essa vida, sinto falta dos meus pais, não sou boa em nada, não tenho sim nenhum, meu chefe me trata como uma burra constantemente, meu irmão é maravilhoso, mas é alcoólatra e usa drogas, a mina q eu sou apaixonada não gosta de mim, só fala comigo pq tem pena. Não consigo guardar 1 real. Minha alegria são meus gatos, mas sei que falou com eles, poderia ser uma dona melhor. Bom, enfim, não aguento mais, esse buraco, esse vazio, essa angústia me consome, sei q não vou melhorar, não tem como, não tem caminho, solução, algumas pessoas nascem pra sofrer, é isso, não tenho mais forças. Sei que não vou poder rever meus pais, já pedi perdão por isso, sei que será doloroso, pq até parece que comigo não seria, sei que vou pra algum lugar ruim, sei que vou continuar a me sentir sozinha, muito sozinha, mas essa dor me mata um pouco a cada dia....

    ResponderExcluir

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Não são toleradas ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

As informações dispostas aqui são CONFIRMADAS através de várias fontes. A qualidade obtida aqui não se consegue da noite para o dia, mas sim de uma experiência de VÁRIOS ANOS.

Portanto, se houver algo a ser corrigido aqui, publique nos comentários, mas COM PROVAS, como eu faço.

Algumas pessoas, ao tomar medicações psiquiátricas ou drogas ilícitas, não sofrem efeitos adversos significativos (como vemos algumas pessoas que fumam a vida toda e morrem de velhice.) Portanto verei como normal algumas pessoas dizerem que nunca sentiram nenhum efeito colateral ao tomar determinado psicotrópico.

Mas qualquer indivíduo que escrever algo contra as informações técnicas mostradas aqui deve PROVAR IMEDIATAMENTE na mesma mensagem, do contrário terei que deletar.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you