15.3.10

A sonhada cura da doença mental

Mas e a cura dos “transtornos mentais”? Devo esclarecer que o termo hoje usado é “transtorno mental” em vez de doença mental. Geralmente psiquiatras e cientistas não falam de cura de “transtorno mental”. Falam de melhor controle, etc.

(In 1983 there was the Mental Health Act, which established the term MENTAL DISORDER to substitute the older terms MENTAL ILLNESS and MENTAL DISEASE, since there appeared to be no evidence to call that DISEASE. TRANSTORNO MENTAL is the equivalent in Portuguese for MENTAL DISORDER. Anyway it’s not much used in USA. But you can see in the Wikipedia that the three terms are considered correct.)

Enquanto ouço meus companheiros falarem sobre cura, prefiro evitar falar sobre as evidências que já temos em tratamento em saúde mental. As pessoas querem a cura para poder parar de tomar medicamentos.

Claro que quando o “transtorno mental” é bem acompanhado é bem possível portadores de transtornos mentais deixar de tomar medicamentos psicotrópicos sob ordens médicas e ficarem bem melhor.

A dificuldade é isso acontecer no Sistema Único de Saúde (SUS). Mais difícil é isso acontecer nos CAPS, onde a rotatividade de psiquiatras é grande. (Isso quando há psiquiatras no CAPS.)

Difícil de psiquiatras suspender seus pacientes psiquiátricos dos psicotrópicos não apenas por eles não ficarem no serviço tempo suficiente para conhecer bem o paciente. Mas também porque o SUS praticamente não oferece tratamentos alternativos, como psiquiatria ortomolecular, homeopatia, etc.

Quem fala que tem esperança de um dia haver cura para a doença mental geralmente são familiares e pacientes psiquiátricos.

Eu costumo lembrar que DOENÇA MENTAL é quando uma pessoa sofre com uma perseguição mental, ou com uma grande tristeza, uma tristeza insuportável para a pessoa, por exemplo.

Mas infelizmente, psiquiatras classificam como “transtornos mentais” certos comportamentos que eles consideram ANTI-SOCIAIS. Por exemplo, homossexualismo (homossexualidade) já foi considerado anti-social, já foi considerado errado, por isso já foi considerado doença. Hoje não é mais.

Enfrentando o problema social



Costumo lembrar que DOENÇA MENTAL todos sofremos. É normal. Agora quero colocar só mais dois pontos sobre cura das doenças mentais ou “transtornos mentais”.

Infelizmente DOR MENTAL sempre haverá no mundo enquanto houver problemas e dificuldades no mundo.

Por exemplo, as pessoas sofrem com os problemas das enchentes aqui no Brasil. (People suffer with flood here in Brazil, and someone suggested antidepressants to relieve homeless people). Saiu uma notícias falando que psiquiatras consideram importante dar antidepressivos para ajudar essas pessoas desabrigadas, já que elas ficam tristes e deprimidas por perder suas casas e familiares.

QUEM NÃO FICARIA?

ISSO NÃO É DOENÇA!!! É PROBLEMA SOCIAL, COMO TENHO COLOCADO AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Me parece claro que a forma mais prática de resolver esse problema seria garantir DIGNIDADE para essas pessoas, em vez de dar antidepressivos.

Se em vez de dar antidepressivos tomassem providências para que as pessoas não vivam desoladas em lugares DE RISCO essas pessoas não perderiam suas casas de maneiras absurdas e previsíveis.

PREVISÍVEIS, pois sabemos que aqui no Brasil essas tragédias acontecem TODO ANO.

Enfim, não dá para se curar DOENÇA MENTAL com drogas, pois as pessoas ficam doentes mentais por problemas sociais. Problemas emocionais? Emoção agora virou doença?

Por isso não é possível haver uma cura definitiva para doença mental, dor psíquica, ou seja lá a forma que você preferir. Mas é possível diminuir a incidência das doenças mentais, diminuindo as desigualdades e injustiças sociais.

(Publicado originalmente em 15 de março de 2010 e atualizado em 02 de novembro de 2012.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Não são toleradas ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

As informações dispostas aqui são CONFIRMADAS através de várias fontes. A qualidade obtida aqui não se consegue da noite para o dia, mas sim de uma experiência de VÁRIOS ANOS.

Portanto, se houver algo a ser corrigido aqui, publique nos comentários, mas COM PROVAS, como eu faço.

Algumas pessoas, ao tomar medicações psiquiátricas ou drogas ilícitas, não sofrem efeitos adversos significativos (como vemos algumas pessoas que fumam a vida toda e morrem de velhice.) Portanto verei como normal algumas pessoas dizerem que nunca sentiram nenhum efeito colateral ao tomar determinado psicotrópico.

Mas qualquer indivíduo que escrever algo contra as informações técnicas mostradas aqui deve PROVAR IMEDIATAMENTE na mesma mensagem, do contrário terei que deletar.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you