8.1.10

Paciente psiquiátrico mata um e ataca três (E mais estigma!..)

Um homem com problemas psiquiátricos matou uma pessoa e feriu outras três durante a madrugada desta sexta-feira (08) no bairro Joana D'arc, em Vitória.

Paulo César Dutra morreu após ser atingido com três facadas. Ele também tinha problemas mentais.

Os ataques aconteceram na casa de uma das funcionárias do abrigo onde as vítimas moravam.

Na noite desta quinta-feira (07) ela, que também foi esfaqueada, levou os internos para passar a noite na residência onde mora.

Segundo o delegado da Crimes Contra a Vida de Vitória, Orly Fraga Filho, o acusado foi detido e encaminhado ao DPJ da capital.

Segundo Orly Fraga, a funcionária do abrigo agiu de forma errada já que os internos estavam sob condições inadequadas, sem cuidados de um profissional da saúde.

As outras duas pessoas feridas, uma de 25 anos e outra de 78 também apresentam problemas mentais.

Elas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Antônio Bezerra de Farias, em Vila Velha.


Fonte: Gazeta Online e O Globo.

Infelizmente a notícia acima fortalece o estigma. É que eles dão a notícia como se o paciente psiquiátrico tivesse matado por ser paciente psiquiátrico.

ESSA É UMA FORMA ESTIGMATIZADORA DE DAR A NOTÍCIA. O paciente psiquiátrico pode ter tido motivo real para matar. Que, é claro, eles não farão o menor esforço para pesquisar.

Na verdade, todas as classes da sociedade cometem crimes. Por diversas razões.

Por ciúme, por inveja, por dinheiro, por comida, por droga, etc.

Advogados cometem crimes, atores cometem crimes, políticos cometem crimes, e até repórteres cometem crimes. Por diversos motivos.

Porque um paciente psiquiátrico não poderia cometer?

Porque o crime que o paciente psiquiátrico cometeu tem que ser porque ele é paciente psiquiátrico?

4 comentários:

  1. Anônimo8:41 AM

    tomara que os pacientes sejam presos para aprenderem a não agredir.mereçem mofar na cela como qualquer agressor.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo8:04 AM

    Ezequiel,
    Você não vê uma pessoa normal e sóbria atacar outra pessoa. É coisa de doido!

    Você é paciente psiquiátrico, não se identifica com a maioria dos pacientes e pensa que a maioria é igual a você.

    Você é um neurótico, não mais, e aconselho a não conviver muito tempo com os pacientes para que você não pense ser doido como eles ou pensar que eles são normais como você.

    Os doentes mentais cometem crimes por causa dos seus delírios e outros sintomas e merecem ser absolvidos pois não agiram voluntariamente, quem mata por droga merece ser preso por saber o que faz, quer dinheiro fácil sem trabalhar para sustentar o próprio vício.

    ResponderExcluir
  3. Corrigindo o que comentei antes, pois achei que ficou meio ofensivo aos profissionais de saúde mental:

    Concordo que todos que cometem crimes devem ser presos, inclusive pacientes psiquiátricos.

    Claro, que fique claro que NEM TODOS OS PACIENTES PSIQUIÁTRICOS COMETEM CRIMES!

    E quando esses psiquiatras tentam livrar alguém da cadeia alegando que é paciente psiquiátrico eles estão passando a ideia que todos pacientes psiquiátricos agridem e matam.

    O QUE SÓ CAUSA ESTIGMA.

    Esses psiquiatras não sabem o que alguém sente num surto.

    Quando a pessoa está em surto ela não consegue PENSAR DIREITO. Não conseguiria pegar uma arma, mirar e acertar alguém e matar.

    A PESSOA NÃO IA CONSEGUIR TER FOCO.

    Quem consegue fazer tudo isso com certeza não está em surto. Pode estar nervoso. Mas não em surto.

    Naturalmente um paciente psiquiátrico em surto poderia FERIR alguém para se defender, quando alguém se aproxima de maneira indevida, ou AGRESSIVA.

    Mas seria UM ataque só, para se defender. Claro, se esse paciente psiquiátrico correu atrás de alguém para matar ele deve ser preso. Sabia o que estava fazendo.

    Em surto, a pessoa fica na defensiva.

    Porém, certos crimes que certos advogados e psiquiatras tentam absolver pacientes psiquiátricos têm requintes de PREMEDITAÇÃO.

    Outra coisa: NÃO EXISTE forma técnica de se comprovar que essa pessoa estava realmente em surto quando cometeu o crime.

    A experiência que tive como paciente psiquiátrico pôde me mostrar que um surto pode ocorrer com qualquer um que se submeta a certas situações FÍSICAS OU MENTAIS, certas pressões FÍSICAS OU MENTAIS.

    Talvez certas situações ativem alguma coisa no cérebro.

    Quanto a eu ser neurótico, eu não poderia afirmar. Mas esse raciocínio faz muito sentido, o que me levaria a crer que quem disse isso trabalha na área de saúde mental, ou conhece bastante.

    Mas posso afirmar COM CERTEZA que eu experimentei as sensações que um paciente psiquiátrico sente em surto.

    Essas sensações podem ser experimentadas quando as pessoas consomem certas drogas.

    Portanto se fôssemos absolver pacientes psiquiátricos que cometem crimes por impulso, teríamos que absolver drogados QUE COMETEM CRIMES POR IMPULSO também, pois quem usa drogas fica sob controle do vício, mesmo quando sabemos que ele (a) escolheu usar drogas.

    E não teríamos que absolver qualquer pessoa que comete crime por impulso?

    Obrigado por comentar e me alertar sobre alguns pontos.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo8:52 PM

    Impulso por doença merece absolviçaõ, impulso por incompetência não.
    Doentes em surto não querem dinheiro, se defendem e drogados atacam para conseguirem dinheiro e por ser drogado merece morrer na cadeia.
    Usou droga por que quis, a sociedade está cheia de pobre problemático que não usam.
    Usuário de droga não pode ser comparado aos doentes mentais que sofrem sem escolha e os drogados sofrem por suas próprias escolhas.
    É um absurdo drogado ocupar vaga na saúde mental, lugar de drogado é na cadeia e trabalhando pesado.
    E o doente em surto pode buscar arma e apontar ela para matar seguindo comandos.

    ResponderExcluir

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Não são toleradas ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

As informações dispostas aqui são CONFIRMADAS através de várias fontes. A qualidade obtida aqui não se consegue da noite para o dia, mas sim de uma experiência de VÁRIOS ANOS.

Portanto, se houver algo a ser corrigido aqui, publique nos comentários, mas COM PROVAS, como eu faço.

Algumas pessoas, ao tomar medicações psiquiátricas ou drogas ilícitas, não sofrem efeitos adversos significativos (como vemos algumas pessoas que fumam a vida toda e morrem de velhice.) Portanto verei como normal algumas pessoas dizerem que nunca sentiram nenhum efeito colateral ao tomar determinado psicotrópico.

Mas qualquer indivíduo que escrever algo contra as informações técnicas mostradas aqui deve PROVAR IMEDIATAMENTE na mesma mensagem, do contrário terei que deletar.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you