10.4.14

Professor Pierre Capretz (A verdadeira vida de Ezequiel)

O Professor Pierre Capretz nasceu no dia 30 de janeiro de 1925, e morreu no dia 01 de abril deste ano 2014, com 89 anos. Junto com o Professor Jean Boorsch, o Professor Pierre Capretz desenvolveu o curso "French in Action", o "Francês em Ação".

O inglês sempre foi a língua mais divulgada, por isso eu pude estudar inglês por várias fontes. O ensino de inglês passado na escola fundamental não foi mais que uma apresentação da língua, pois os professores das escolas públicas sequer ensinam pronúncia.

Porém eu segui estudando sozinho, com livros, filmes e programas de televisão. Um dos programas de televisão que eu usei para estudar a pronúncia foi o "Vestibulando" da TV Cultura, com o professor Sidney. A única língua trabalhada no "Vestibulando" era o inglês, pois o inglês antigamente era usado no vestibular de grandes universidades brasileiras; hoje em dia, grandes vestibulares como o da FUVEST não usam mais nenhuma língua estrangeira em suas provas, apesar de inglês continuar sendo usado em vestibulares de pequena expressão.

Em outro momento eu falei de meu primeiro curso de inglês. (Na postagem Meus primeiros cursos de inglês.) Meu primeiro curso de francês foi o "Francês em Ação". "Francês em Ação" foi desenvolvido pelos maiores professores de idioma da História Moderna, o Professor Jean Boorsch e o Professor Pierre Capretz. O método de ensino desses professores se tornou modelo para o ensino de idioma de todos os cursos modernos de idiomas.

O Professor Jean Boorsch ensinava francês na Segunda Guerra Mundial para que os soldados estadunidenses pudessem se comunicar com os estrangeiros. Outros idiomas eram ensinados aos soldados na Segunda Guerra Mundial, todos baseados no método do Professor Jean Boorsch.

Como eu tinha dito anteriormente, o curso do Professor Jean Boorsch exigia disciplina. Quando o Professor Jean Boorsch criou o curso "French in Action" com o Professor Pierre Capretz, o Professor Pierre Capretz fez algumas alterações e adicionou alguns facilitadores: um livro para estudar, e um caderno de exercícios. Mas a forma que eu aprendi foi através de uma disciplina ferrenha; eu não tinha livros para me auxiliar. O curso é IMERSÃO TOTAL, falado apenas em francês, e eu o assisti através da televisão aberta do Brasil. Em tal curso à distância, eu não tinha um professor do meu lado para tirar minhas dúvidas. Por isso eu me determinava ao máximo. Eu copiava TODAS as expressões em francês que apareciam na tela. Eu perseverei, e logo vi os resultados, e a confirmação do sucesso e eficácia do método fantástico dos Professores Jean Boorsch e Pierre Capretz. Depois de um tempo, eu já entendia tudo que o Professor Pierre Capretz falava em francês, e logo já podia conversar com nativos da língua tranquilamente.

O curso "French in Action" passou na televisão aberta de vários países de todo o mundo, e no Brasil se chamou "Francês em Ação". Acho que nem preciso mencionar que eu fui um dos poucos nativos falantes de português que perseverou diante de um curso que parecia um pouco enfadonho e era falado só em francês.

Par quem estiver interessado em ver como o curso era, abaixo eu deixo os links para os vídeos da primeira, segunda e terceira lições:
French in Action 01
French in Action 02
French in Action 03

A primeira lição é apenas uma lição introdutória. O curso era voltado aos estadunidenses, portanto a introdução foi feita em inglês. O curso, de fato, começa a partir da segunda lição, onde somente se fala francês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu sempre publicarei todo tipo de opinião e ponto de vista. que NÃO INFRINJAM AS LEIS DO MUNDO, nem as leis da Internet.

Não são toleradas ofensas a nenhuma das pessoas que comentam.

Links para blogs e sites que falem de saúde mental são bem vindos, desde que não sejam sites criados para vender psicotrópicos.

As informações dispostas aqui são CONFIRMADAS através de várias fontes. A qualidade obtida aqui não se consegue da noite para o dia, mas sim de uma experiência de VÁRIOS ANOS.

Portanto, se houver algo a ser corrigido aqui, publique nos comentários, mas COM PROVAS, como eu faço.

Algumas pessoas, ao tomar medicações psiquiátricas ou drogas ilícitas, não sofrem efeitos adversos significativos (como vemos algumas pessoas que fumam a vida toda e morrem de velhice.) Portanto verei como normal algumas pessoas dizerem que nunca sentiram nenhum efeito colateral ao tomar determinado psicotrópico.

Mas qualquer indivíduo que escrever algo contra as informações técnicas mostradas aqui deve PROVAR IMEDIATAMENTE na mesma mensagem, do contrário terei que deletar.

Se quiser me contatar pode ser através de um comentário.

This web site is mostly about human rights, health, music and curious videos from Youtube. If you have any of these your contribution is most welcome.

Links to web sites that sell MEDICATION ARE UNWELCOME.

But if your site is interesting and useful just submit the address, WITHOUT ANY EXTRA ELECTRONIC LANGUAGE, such as HTML or the like. Example, http://pacientepsiquiatrico.com is OK, is accepted. But [url="http://pacientepsiquiatrico.com"] would be considered spam, because of the extra electronic language [url. I'll check it out and link to it if I approve it. Thank you